Professores desocupam Assembleia e fazem greve de fome

19/11/2020


Categoria reivindica realização de concurso público



Representantes da APP-Sindicato desocuparam na manhã desta quinta-feira parte do prédio da Assembleia Legislativa que ocuparam no final da tarde de terça-feira. O grupo protesta contra o edital do governo para a contratação de novos professores e funcionários para as escolas pelo Processo Seletivo Simplificado (PSS).


A Justiça determinou a desocupação da Assembleia, sob pena de multa à APP-Sindicato. O grupo obedeceu à ordem judicial, mas decidiu continuar a manifestação em frente ao Palácio Iguaçu, com a realização de uma greve de fome.

Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (19), representantes da categoria, do governo Ratinho Jr e os deputados Hussein Bakri e Professor Lemos, fizeram mais uma rodada de debate sobre as reivindicações de professores e funcionários da rede estadual.


Na ocasião, o governo assumiu o compromisso de fazer a complementação de salários de funcionários(as) que recebem abaixo do mínimo regional. São R$ 77,00 de complementação no salário de quem recebe pouco mais de R$ 1000,00.

Publicidade

Últimas Notícias

4 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale