banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Eloy Casarande diz que comerciantes do Centro pedem socorro

30/10/2020


Candidato da Rede afirma que região está abandonada



A região da Praça Tiradentes, marco zero de Curitiba, está abandonada e entregue ao tráfico de drogas. Esta foi a constatação que Eloy Casagrande, candidato a prefeito pela REDE Sustentabilidade, e Michel Urânia candidato a vice, tiveram ao caminhar pelo centro da cidade na tarde de quarta-feira (28). “Não é de hoje que o Centro de Curitiba sofre de abandono e a pandemia ainda agravou a situação, pois vários negócios fecharam deixando dezenas de lojas desocupadas. Essa situação aumenta a sensação de insegurança dos comerciantes e dos frequentadores da área”, constata Eloy Casagrande.


Uma das principais queixas dos comerciantes é a intensa movimentação do tráfico de drogas que acontece em plena luz do dia e entre um posto da Guarda Municipal, que fica em frente a catedral, e um batalhão 12° Batalhão da Polícia Militar do Paraná. “O que os comerciantes não conseguem entender, e com razão, como a polícia não realiza nenhum movimento mais efetivo para coibir a atuação dos traficantes na região”, relata Michel Urânia.


Porém, o tráfico de drogas não é o único problema da região. O aumento da população de rua, a limpeza, conservação e falta de acessibilidade das calçadas também preocupam. “O centro da cidade precisa de um projeto sério e inovador de revitalização. Algumas das ruas, como a Riachuelo e a São Francisco já foram revitalizadas, mas não conseguimos entender o porquê a região do entorno da catedral não recebeu o mesmo tratamento. As primeiras duas quadras da rua Saldanha Marinho, por exemplo, estão completamente abandonadas”, alerta Eloy.


A região tem um potencial enorme para o desenvolvimento do turismo e para ser mais um local de lazer para os curitibanos. Porém, a atual gestão parece negligenciar e até dificultar a atuação dos comerciantes da região. “Essa área da cidade é super conhecida, inclusive alguns filmes nacionais usaram os antigos casarões da Saldanha Marinho como locação. Por isso tem um potencial turístico muito grande, mas infelizmente, não é aproveitado porque as pessoas tem medo de frequentar a área mesmo durante o dia”, afirma Michel.


Para enfrentar o problema, Eloy Casagrande e Michel Urânia pretendem fazer projetos que viabilizem uma cidade mais humana, focada no cuidado com as pessoas e em melhores condições de segurança para o centro da cidade. “Normalmente as gestões municipais têm um olhar de maquiagem para consertar o centro, só que os problemas são mais complexos e envolvem questões econômicas, sociais e de moradia”, finaliza o candidato a vice prefeito.


3 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest