top of page

Com Terminal Solar, Prefeitura de Curitiba vai economizar R$ 400 mil por ano em energia

03/04/2024



O sol de outono brilhou intenso e radioso, na tarde desta terça-feira (2), sobre o bairro Santa Cândida. O prefeito Rafael Greca e o vice-prefeito e secretário de Estado das Cidades, Eduardo Pimentel, inauguraram o Terminal Solar Santa Cândida, a primeira usina de energia fotovoltaica instalada sobre a cobertura de um terminal de ônibus de Curitiba.


A inauguração é parte das comemorações pelos 331 anos de Curitiba, celebrados em 29 de março, e foi comemorada como um presente: a energia renovável, além de ajudar o meio ambiente, vai trazer economia para os cofres públicos do município.

A previsão de energia gerada para o terminal, anualmente, é de 625.000 Kwh (quilowatts hora), que serão compensados na conta de energia dos prédios públicos do município. Isso pode representar, por ano, uma economia de R$ 411 mil, que poderão ser revertidos em benefícios à população com investimentos em outras áreas.


Energia


A energia gerada pode abastecer 3.864 casas durante um mês se considerar a média de consumo das residências do Paraná de 168,6 kWh, dado divulgado pela Copel em outubro de 2023.


A energia gerada pelo Terminal Solar Santa Cândida será usada para compensar a conta de luz em 61 unidades consumidoras (prédios públicos) da Prefeitura, como Armazéns da Família, Restaurantes Populares e módulos da Guarda Municipal.


Curitiba Mais Energia


O prefeito explicou que o Terminal Solar Santa Cândida passa a integrar o programa Curitiba Mais Energia, uma das estratégias da capital previstas no Plano de Adaptação e Mitigação das Mudanças Climáticas de Curitiba (PlanClima) para combater e mitigar as mudanças climáticas, por meio da produção de energia renovável.


Foto: Daniel Castellano/SMCS

Comments


Últimas Notícias

bottom of page