Com ensino personalizado nas madrugadas, dupla de brasileiras ocupa o comando de startup de idiomas

07/03/2022


O app oferece uma plataforma única on demand que conecta alunos interessados em aprender inglês





Duas brasileiras estão à frente do crescimento do aplicativo Cambly: Julia Paco (Country Manager) e Carol Zarur (CEO). O app oferece uma plataforma única on demand que conecta alunos interessados em aprender inglês com falantes nativos das mais variadas áreas. “O Brasil é um dos principais focos da empresa, que conta com um time local para suporte e marketing do Cambly no país. Nossos maiores mercados são Oriente Médio, Turquia, Brasil, Coreia, Japão, China, Índia, Rússia, Vietnã, Latam, França, Itália e México” – conta Julia Paco, Country Manager da startup.


Atualmente conta com alunos em mais de 90 países diferentes. A versão Kids é direcionada para alunos dos 04 aos 17 anos. É possível acessar o Cambly e o Cambly Kids por website (computadores) ou por APP (celular ou tablet). Focando na flexibilidade e customização, o aluno decide o momento do dia em que quer ter acesso às aulas, se quer ter aulas sempre com o mesmo tutor ou variar a cada conteúdo de acordo com seus objetivos.


“O ano de 2022 promete ser desafiador na busca de novas oportunidades profissionais, estão expandindo bem o leque para atrair cada vez mais perfis de alunos. Buscamos sempre ter variedade de tutores com os mais diferentes focos e backgrounds (TI, Marketing, Recursos Humanos, Ioga, Viagens, Preparatórios para Exames (IELTS/TOEIC, TOEFL), Ensino de Línguas, Músicos, entre outros” – conta Carol Zarur, CEO do Cambly no Brasil.


O Cambly recebeu a Series B de investimentos. A empresa é apoiada por prestigiados fundos de capital de risco do Brasil e EUA, compartilhando os mesmos investidores que o Airbnb, Uber, Instagram e 99.


"A chegada do 5G ao Brasil também é motivo de celebração para a plataforma: “Tecnologia e educação andam de mãos dadas. É animador visualizar o aspecto democrático das novas redes, como grandes agentes de transformação, ampliando oportunidades e tornando ainda mais acessível a educação bilíngue” – conta Zarur.

Últimas Notícias