banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Canil do BOPE faz treinamento para encontrar drogas

21/10/2020


Os cães da polícia fazem um preparo para reconhecer diversas drogas



Os cães da Companhia de Operações com Cães (COC), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), participaram de um exercício de detecção de drogas nas instalações do laboratório de perícias de substâncias entorpecentes da Polícia Científica da Capital, no último mês de setembro. A atividade inicia uma parceria que visa aprimorar a doutrina e emprego dos cães em operações contra o crime, em especial o faro de drogas, por meio de estudos científicos.


O teste, segundo o BOPE, consistiu em colocar à prova o método de apresentação de odores de substâncias entorpecentes NOSE-mp, adotado no início de 2019, cuja promessa era capacitar o plantel na detecção de drogas derivadas da cocaína, maconha e de drogas sintéticas, como ecstasy e LSD, sem ter o efetivo contato com tais entorpecentes.


A Polícia Científica disponibilizou aos policiais militares amostras de alto grau de pureza de maconha e drogas sintéticas (ecstasy e LSD), que foram apresentados aos cães em meio a outros odores distrativos no ambiente no painel de odores do Canil do BOPE.

30 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest