BRDE e Ancine publicam novo edital para selecionar obras cinematográficas

04/02/2022


Inscrições estão abertas de 14 de março a 13 de maio



O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e Agência Nacional do Cinema (Ancine) publicaram nesta quinta-feira (3) um novo edital de chamada pública, destinado à seleção, em regime de concurso público, de propostas de produção independente de obras cinematográficas brasileiras de longa-metragem de ficção, documentário e animação. As inscrições começam em 14 de março e terminam em 13 de maio.


"A ideia é fortalecer as empresas do setor do audiovisual já consolidadas no mercado”, disse o presidente do BRDE, Wilson Bley.


O objetivo principal é promover a exibição desses trabalhos ao público, apresentadas por meio de produtoras brasileiras. De acordo com as metas propostas do edital, o investimento em obras audiovisuais contribuiu para a expansão da participação do filme brasileiro no mercado de salas de exibição, além da regionalização da produção audiovisual e fortalecimento das empresas brasileiras do setor.


O BRDE e a Ancine também estão com outro edital aberto [https://www.brde.com.br/chamada-publica-brde-fsa-complementacao-2021/], destinado à seleção, em regime de concurso público, a novos realizadores de produção de obras cinematográficas brasileiras de longa-metragem de ficção, documentário e animação com propósito inicial ao mercado de salas de exibição.


Ou seja, a chamada pública NOVOS REALIZADORES 2022, publicada em janeiro, visa promover a inserção de novos realizadores no mercado audiovisual. A chamada pública PRODUÇÃO CINEMA 2022, publicada nesta quinta, visa fortalecer as empresas brasileiras do setor, mas é um público mais geral.


Foto: Guilherme Pupo


Últimas Notícias