Inscritos na Cohab recebem as chaves de 88 apartamentos no Pinheirinho

Casa própria



No dia em que completou 36 anos de idade, a bancária Michele Sippel de Melo recebeu o presente que tanto aguardava. Inscrita na Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) desde 2009, nesta quinta-feira (16/7) ela recebeu a chave de um apartamento de dois quartos no conjunto residencial Carducci, no Pinheirinho.


“É o nosso primeiro imóvel próprio, uma alegria enorme. Alcançar esta grande conquista em família, ter o nosso lar, bem no dia no meu aniversário. Sentimento melhor é impossível”, afirma Michele.


O programa habitacional do município ofertou este empreendimento, em parceria com a iniciativa privada, para inscritos na fila da casa própria com renda acima de R$ 1,6 mil. De um total de 208 unidades que compõem o conjunto, 88 foram reservadas para os inscritos na Cohab.


A eles foram ofertadas condições especiais para aquisição do imóvel. Os 20 primeiros tiveram isenção total na documentação e a possibilidade de parcelar a entrada em 60 vezes. A isenção na documentação possibilitou uma economia de aproximadamente R$ 6 mil. Os demais compradores contaram com a vantagem de poder parcelar a documentação em 18 vezes, além de parcelar também a entrada.


Condições


Michele e seu marido Wandré utilizaram o FGTS de ambos para abater da entrada. “Nos planejamos bastante para isso. Eu já havia sido convocada duas vezes mas na época não estávamos preparados para alcançar esta conquista”, conta.


Atualmente eles moram nos sogros de Michele. “Agora com calma vamos preparar tudo para a mudança. O dia de hoje é para comemorar em dose dupla”, disse ela, que levou uma pequena festinha para o apartamento, com docinhos, e bolo para assoprar a vela de aniversário.


Outra que saiu da fila e hoje é proprietária de um apartamento é a vendedora Lilian Letícia Vieira Baz, 38 anos. Inscrita na Cohab desde 2012, ela já havia sido convocada anteriormente, mas preferiu continuar na fila aguardando um imóvel com a localização que lhe fosse mais adequada.


“Estou muito feliz, é a realização de um sonho. Eu estou morando com minha mãe e agora terei meu próprio cantinho. O conjunto ficou lindo,é bem localizado. Só tenho que agradecer”, destaca.


Sobre as condições para aquisição, Lilian ficou satisfeita. “Achei os valores muito bons pela qualidade e localização do conjunto. As condições ficaram bem acessíveis”, disse.


Programa habitacional


Os apartamentos de dois quartos foram comercializados por valores a partir de R$ 133 mil, com subsídios que variaram de acordo com a renda familiar.


“Em meio à crise no setor de habitação popular, os contratos de parceria com a iniciativa privada são boas alternativas de atendimento aos nossos inscritos. Os cidadãos que são contemplados nesta modalidade conquistam seus imóveis próprios e deixam para trás o aluguel e a condição de morar de favor na casa de parentes”, explica o presidente da Cohab, José Lupion Neto.


Com esta entrega chega a 1.870 o número de famílias que recebeu novas moradias desde 2017, além de outras 5.143 que receberam títulos de propriedade de áreas que foram regularizadas.


“Estamos trabalhando sem investimentos do governo federal que sempre movimentaram o setor de habitação popular. Apesar disto, com criatividade e empenho temos conseguido beneficiar milhares de curitibanos com casa própria”, enfatiza Lupion.


Fonte: Prefeitura de Curitiba

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest