banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Em Nova Iorque, companhia de teatro ajuda artistas brasileiros locais afetados pela pandemia

O Group .BR, a única companhia de teatro brasileiro de Nova York, está anunciando a criação do Group .BR NY Brazilian Artists Fund.

O Group .BR, única companhia de teatro brasileiro em NY, lançou um fundo para apoiar os artistas brasileiros no estado de Nova Iorque que foram severamente afetados pela pandemia. O fundo, que oferece U$250 para cada artista cadastrado, foi criado a partir da necessidade de alguns artistas que, mesmo estando em situação regular com a imigração, não podem receber o auxílio, deixando-os completamente sem amparo financeiro.


A comunidade brasileira de Nova Iorque está se unindo para apoiar os artistas locais afetados pelos impactos econômicos da COVID-19. Com teatros, salas de concerto, museus e galerias fechados, muitos dos artistas da comunidade se viram diante de uma terrível incerteza econômica. Os artistas brasileiros de Nova York, que trazem variedade e diversidade à comunidade artística do estado, foram severamente afetados. Muitos não são elegíveis para assistência financeira do governo, colocando-os sob dificuldades financeiras. Por esse motivo, o Group .BR, a única companhia de teatro brasileiro de Nova York, está anunciando a criação do Group .BR NY Brazilian Artists Fund.


O fundo fornecerá um pagamento único de U$250 (dólares) por ordem de chegada para artistas brasileiros acima de 18 anos que moram no Estado de Nova York. O Grupo .BR está buscando arrecadar U$45.000 para dar suporte a 150 das centenas de artistas que a companhia estima que solicitarão os fundos de emergência. Vinte por cento do total de recursos arrecadados apoiarão as operações e a programação on-line do .BR, enquanto os eventos presenciais são restritos. Isso permitirá que os artistas envolvidos sejam pagos, o que aumentará o alcance do fundo.


"A necessidade é urgente", explica Andressa Furletti, Diretora Artística do Grupo .BR. "Enquanto muitos artistas de nossa comunidade fizeram o possível para mover seus shows, leituras e produções para plataformas on-line, eles estão lutando para sobreviver, pois a monetização de conteúdo on-line mostra-se particularmente desafiadora. Eles, é claro, querem compartilhar sua forma de arte para tentar melhorar os ânimos e lidar com os eventos atuais, mas há despesas e preocupações diárias que devem ser abordadas. "


O Grupo .BR tomou a iniciativa de apoiar artistas, mesmo quando as suas fontes de financiamento, produções teatrais e eventos foram cancelados ou adiados. Movendo sua programação para um espaço virtual, a companhia lançou o Happy Hour Online, um evento gratuito pelo Zoom com leituras das obras de Clarice Lispector (a musa de sua produção mais recente), que busca aproximar a comunidade e apoiar os artistas participantes. A percepção da situação econômica crítica dos artistas brasileiros de Nova York tornou-se rapidamente aparente e a de esforços adicionais de captação de recursos ficou clara.


"Este é um momento difícil para a nossa comunidade", explica Débora Balardini, Diretora Executiva do Grupo .BR. "Nova York tem uma grande comunidade brasileira e todos estamos fazendo o possível para apoiar artistas. Não temos certeza de quando muitas das galerias de arte, palcos e salas de teatro poderão reabrir. Apoiamos os esforços para impedir a propagação deste vírus e queremos que nossa comunidade esteja segura. Esperamos que essa iniciativa inspire outros indivíduos e organizações a criar mais plataformas de ajuda a artistas. "


Para doar para o Grupo .BR NY Brazilian Artists Fund ou para solicitar fundos de emergência, visite www.group.br.com/artistsfund.

5 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest