Moro liga para o Paraguai para saber de Ronaldinho

A defesa do jogador quer que Ronaldinho e o irmão cumpram prisão domiciliar

Crédito: Noberto Duarte/ AFP

O Ministro da Justiça, Sergio Moro, telefonou para as autoridades paraguaias nesta segunda-feira para saber mais informações sobre o caso do Ronaldinho Gaúcho. O ex-jogador foi preso na última sexta-feira, junto com seu irmão, Assis, por uso de documentos falsos.


Através de sua assessoria, Moro disse que “o Paraguai é soberano para tomar decisões”. O ministro já vem acompanhando o caso e ligou apenas para saber mais detalhes da situação dos irmãos.


Também nesta segunda-feira, os advogados de defesa entraram com um recurso para que eles deixem a cadeia e cumpram prisão domiciliar. Uma audiência para analisar o pedido foi marcada para terça-feira. Caso seja aceito, a dupla ainda terá que ficar em Assunção.

19 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest