banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Mercado de Eventos cresce 14% ao ano com baixo investimento

Associação Brasileira de Empresas e Eventos dizia em 2013 que o setor representava 4,3% do PIB brasileiro.



Segundo uma pesquisa da empresa CWT Meetings & Eventos, há uma previsão de um aumento de 5 a 10% no mercado de eventos entre 2019 e 2020, o que mostra uma crescente, considerando a pesquisa feita pela Associação Brasileira de Empresas e Eventos (ABEOC) em 2013 que dizia que o setor de eventos representava 4,3% do PIB brasileiro.


O mercado de eventos, além de ser um mercado em constante evolução, é muito procurado até em tempos de crise, como diz a gerente de vendas de uma empresa de eventos em São Paulo, Valéria Gavazza, “faça chuva ou faça sol, as pessoas estão fazendo eventos” e isso vai de encontro com as informações de aumento do mercado.


Por ser um mercado muito extenso, com vários nichos para investir com diversos valores de investimento, além da possibilidade de sempre evoluir e aumentar tanto a empresa quanto a rentabilidade, os empreendedores têm migrado para o mercado de eventos, pois é uma garantia de sucesso.


Enxergando essa possibilidade durante um evento que foi como convidado, Lucas Lima, CEO da empresa O Rei da Cabine, começou a empreender com a locação de cabines fotográficas para eventos há cinco anos e, em seguida, montou a fábrica. Ele enxergou uma oportunidade ao perceber que a cabine fotográfica era sensação na festa e que as pessoas faziam grandes filas para tirar foto e receber sua foto-lembrança.


Então, ele elaborou um projeto acessível e começou a fabricação e venda de cabines fotográficas. Anos depois, ele continuou expandindo, participando de cursos e eventos para empreendedores no Brasil e nos Estados Unidos e tem aumentado sua gama de produtos. Hoje ele já possui o Espelho Mágico e a Pista de LED.


O proprietário Lucas Lima conta que durante esses cinco anos, já passaram pela sua empresa mais de 500 futuros empreendedores que compraram seus equipamentos e montaram suas próprias empresas de aluguel para festas. Também, seus produtos já saíram do país e já foram comprados por países da África e América do Sul, “com muito trabalho e produtos de alta qualidade, chegaremos aos Estados Unidos ainda esse ano”.


Fabíola Gomes, advogada de 46 anos, nos conta que adorava o contato com o público e a energia das festas, então decidiu aproveitar a oportunidade de uma guinada na vida com o ramo de eventos. “Pesquisei muito antes de comprar algo, pois, para mim, era um recomeço! Numa pesquisa realizada na internet, encontrei O Rei da Cabine. Senti confiança no trabalho deles bem como nos equipamentos. Entrei em contato, inicialmente, para entender os produtos. Fui muito bem atendida e tive a segurança que precisava para dar o primeiro passo”.


Hoje ela conta que muita coisa mudou na sua vida “faço meus horários, cursos para aprimorar conhecimento... O ramo de eventos cresce e se atualiza todos os dias, é preciso ficar atento para não ficar para trás”.


Assim como ela, Ednei Alves de 29 anos, Técnico de Segurança do Trabalho diz que foi na área de eventos que viu a oportunidade de mudar de área e ter uma mudança financeira. Além disso, escolheu O Rei da Cabine por causa do atendimento, atenção, qualidade nos equipamentos, facilidade no manuseio e suporte prestado. Hoje ele está colhendo os frutos e já adquiriu três equipamentos com a empresa.


Com a frequente expansão do mercado e maior procura por negócios de baixo investimento e rápido lucro, Lima planeja uma expansão da marca. Em 2020 se mudou para um estabelecimento maior, preparado para um aumento em sua produção com novos produtos que facilitarão ainda mais para o empreendedor que deseja trabalhar nessa área.

Veja mais em: http://reidacabine.com.br

26 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest