Servidores de Curitiba decidem entrar em greve na segunda-feira

Categoria reivindica manutenção do plano de carreiras



O Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc) aprovaram em assembleia na noite da última quarta-feira (13) uma greve em protesto contra o projeto do prefeito Rafael Greca de congelar os planos de carreira dos funcionários da Prefeitura.


De acordo com o Simuc, com o regime de urgência, “Greca e sua base de apoio na Câmara de Vereadores pretendem aprovar no prazo recorde de 14 dias o congelamento dos planos de carreira por mais dois anos, a extinção de cargos para avançar na terceirização e a redução salarial ao não repor a inflação e cortar o auxílio-transporte em dinheiro”.


A greve começa com ato na segunda-feira a partir das 8h, em frente à Câmara Municipal para acompanhar e fazer pressão durante a votação dos projetos. Como preparativo para a greve, os servidores farão panfletagem na praça de pedágio sentido litoral durante o feriado e no final de semana.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

26 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale