Apesar do empate, Coxa ainda faz contas para chegar ao G4

Coritiba saiu na frente, mas não segurou o Paysandu

Apesar do empate, Coxa ainda faz contas para chegar ao G4

A situação do Coritiba na Série B do Campeonato Brasileiro se complicou após o empate em 1 a 1 diante do Paysandu, em Belém. O sonho do acesso ficou mais distante na reta final da competição, embora matematicamente possível. O zagueiro Rafael Lima não escondeu a insatisfação por conta do empate cedido no final da partida, em um chute despretensioso, de fora da área. “É difícil falar agora, realmente estamos de cabeça quente e é momento de preservar. Todos temos responsabilidade. O tinha margem zero de erro. Conseguimos o que o Argel tinha pedido mas, infelizmente, em um lance esporádico, o rapaz bateu sem muita pretensão, e a bola foi bem no canto”, avaliou o jogador, que ainda pondera sobre as possibilidades. “A gente sabe que agora ficou mais difícil para o acesso, mas, se existe possibilidade, temos que buscar”, emendou. Já Leandro Silva quer a equipe acreditando enquanto for possível a entrada no G4, lutando e conseguindo os resultados até o final. “Resultado ruim, tivemos desatenção no final do jogo, com o resultado na nossa mão. Se ainda existe chance, vamos brigar até o final. Vamos brigar em casa para sair vitoriosos. Mas, é pés no chão, vamos ganhar primeiro em casa” Para Alan Costa, resta ao time seguir trabalhando e recuperar os pontos em casa e, diante do Guarani, fazer o dever de casa no Alto da Glória. “Temos que continuar trabalhando para o próximo jogo e jogar para vencer. Saímos com um empate que é ruim, então agora é continuar trabalhando”, concluiu.

Últimas Notícias