A Vida de Paula Becker na Pintura, Gravura e Expressionismo

Entre a pintura, gravura e o expressionismo alemão. Um olhar para dentro e relações intrincadas com o coração

Paula Modersohn-Becker nasceu em Dresden no dia 8 de fevereiro de 1876 e viveu até 1907. Foi uma pintora alemã, e uma das representantes mais precoces do movimento expressionista no seu país.

Paula Becker comprometeu-se em estudos de pintura e reuniu artistas independentes na povoação de Worpswede, próxima de Bremen, que predicava um retorno à natureza e aos valores simples dos camponeses. Ali se casou com o paisagista Otto Modersohn. A falta de audácia dos pintores de Worpswede, empurraram-na a usar inspirações exteriores e a efetuar repetidas estadias em Paris.

Os quatorze curtos anos durante os quais Paula Modersohn-Becker exerceu a sua arte permitiram-lhe realizar pelo menos setecentos cinquenta quadros, treze estampas e perto de um milhar de desenhos. O seu estilo, particularmente único e original, é o fruto de múltiplas influências, aos confins da tradição e da modernidade. A sua pintura apresenta aspectos que misturam o impressionismo de Cézanne ou Gauguim, o cubismo de Picasso, o fauvismo, a arte japonesa e o renascimento alemão. A força expressiva da sua obra resume os principais aspectos da arte nos primórdios do século XX. Paula Modersohn-Becker faleceu aos trinta e um anos. Atualmente, a artista, é pouco conhecida para além dos países de língua alemã.

Assista o filme que conta sua biografia (resumida) – Veja o trailer abaixo

Publicidade

Últimas Notícias

28 de Fevereiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale