banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Assembleia retorna aos trabalhos com protestos

O pronunciamento de Rossoni provocou vaias dos sindicalistas

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) retornou os trabalhos legislativos ontem sob protestos de sindicatos de funcionários públicos. O pronunciamento de abertura foi feito pelo secretário chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, e durou pouco menos de uma hora porque as vaias fizeram com que o presidente do legislativo, Ademar Traiano, encurtasse a sessão.

Rossoni foi vaiado ao falar sobre os investimentos em educação e disse que não esperava receber aplausos. "É importante que nós estamos nos comunicando com o povo paranaense. Jamais eu esperaria aqui o aplauso dos presentes", argumentou o secretário da Casa Civil.

Diante das vaias, o presidente da Assembléia Legislativa do Paraná (Alep), Ademar Traiano, interviu e pediu para que os manifestantes parassem com o barulho. Ele disse que se eles não parassem, ele iria encerrar a sessão antes do esperado.

Como o pedido não foi atendido, ele deu por encerrada a solenidade. "Dou como lida a peça encaminhada ao governador. Agradeço as autoridades presentes", finalizou Traiano.

30 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest