top of page

Tempestade solar causa rara aurora austral na Argentina e no Chile

11/05/2024

Fenômeno causa cores incomuns vistas no céu



Uma tempestade solar "severa", a maior dos últimos 20 anos, registrada desde a noite desta sexta-feira (9) provoca auroras boreais incomuns no Hemisfério Norte e raras auroras austrais no Hemisfério Sul neste final de semana e pode até mesmo atrapalhar o funcionamento de redes de energia e de sistemas de comunicação via satélite, segundo alerta da agência de Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês).

 

Esta é a primeira vez desde janeiro de 2005 que a NOAA emitiu um aviso de tempestade geomagnética do tipo "severo". O alerta também é chamado de G4, o segundo nível mais alto em uma escala que vai até o G5, ou "extremo".

 

Na Argentina, a tempestade solar provocou uma raríssima aurora austral, que pode ser vista no Ushuaia, ao sul do país. De acordo com Serviço Meteorológico Nacional argentino na rede social X, não é comum ver o fenômeno tão ao norte do Pólo Sul. No Chile, o fenômeno foi visto na região de Los Lagos e na Patagônia chilena.

 

Na Europa, há relatos nas redes sociais de aurora boreal em Budapeste, na Hungria, e em Reix, na Suíça e em Londres, no Reino Unido. Houve relatos também no norte de Portugal.

 

A atual tempestade solar é formada por ejeções de massa coronal, que são erupções de plasma e campos magnéticos provenientes da coroa solar, a camada mais externa do Sol. Uma das consequências do fenômeno são as chamadas auroras boreais. Este é o nome do fenômeno do Hemisfério Norte. Quando ocorre no Hemisfério Sul, ele é chamado de aurora austral.

 

A aurora boreal é o fenômeno óptico observado na Terra, quando o horizonte ganha cores incomuns. A aurora boreal acontece porque partículas carregadas de luz e energia são empurradas para a Terra em uma erupção solar. Essas partículas interagem então com a atmosfera, gerando as luzes nas cores verde e vermelha, principalmente.

Comments


Últimas Notícias

bottom of page