Ratinho Jr. anuncia medidas mais duras contra a pandemia

26/02/2021


Paraná suspende aulas presenciais, fecha serviços não essenciais e amplia toque de recolher



O governador Ratinho Jr. anunciou na manhã desta sexta-feira medidas mais duras para tentar conter a pandemia. A partir desta sexta-feira vale o fechamento de serviços não essenciais; o toque de recolher foi ampliado e será das 20h e 5h; as aulas presenciais estão suspensas nas escolas públicas e privadas e a circulação em espaços e vias públicas está proibida no horário das 20h às 5h. A medida começa a valer na primeira hora deste sábado (dia 27) e vão até 8 de março.


“É a maior emergencia da história moderna da saúde pública mundial. Estamos com 94% de ocupação de UTIs e 74% de enfermarias. Nunca tivemos tantos pacientes internados como hoje. Mesmo que tivéssemos leitos infinitos, 10% das pessoas (infectadas) terão que internar e 25% delas irão a óbito”, disse o diretor de Gestão em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Vinícius Filipak.


"Aqui fica o pedido para as famílias do Paraná. Quero a sensibilidade do Paraná em entender que nesse momento precisamos tomar uma medida mais dura, para que as pessoas não fiquem sem o atendimento médico para lutar pela vida. Não vamos admitir encontros clandestinos, festas clandestinas. Seremos extremamente rígidos", alertou o governador.


As medidas decretadas valem no período da zero hora do dia 27 às 05 horas do dia 8 de março:

- Suspensão do funcionamento dos serviços e atividades não essenciais;

- Restrição de circulação em espaços e vias públicas, das 20h às 5h;

- Proibição de comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo no período das 20h às 5h;

- Suspensão das aulas presenciais em escolas estaduais públicas e privadas, inclusive nas entidades conveniadas com o Estado do Paraná, cursos técnicos e em universidades públicas e privadas;

- Adequação do expediente trabalhadores aos horários de proibição provisória de circulação definidos no Decreto;

- Atividades religiosas somente com atendimento individual ou culto on-line;

- Regime de teletrabalho para Órgãos do Estado;

- Permitidos Delivery, Drive-thru e Take away;

- Priorização da substituição do regime de trabalho presencial para o teletrabalho, quando possível;

- Suspensão das cirurgias eletivas por 30 dias para unidades públicas e privadas. O objetivo é assegurar estoque de medicamento anestésico e reduzir demanda por leitos hospitalares;

- Intensificação da fiscalização para cumprimento das medidas.


Últimas Notícias