Estudantes da rede municipal curitibana retomam rotina 100% presencial

27/09/2021


Volta as aulas ocorreu em todas as escolas municipais e CMEIs



Nesta segunda-feira (27/9), todos os mais de 90 mil estudantes que estavam no formato híbrido (grupos A e B com alternência semanal nas unidades) voltam a frequentar a escola municipal todos os dias. É o retorno do formato 100% presencial para quem escolheu essa opção.


Os 30% restantes optaram por seguir no formato exclusivamente remoto, com as videoaulas da TV Escola Curitiba e os kits pedagógicos.


A rede municipal de ensino tem 185 escolas e 230 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), com 140 mil matriculados.


“Nosso objetivo é que os pais e responsáveis, pouco a pouco, se sintam seguros e organizem seu cotidiano para que todas as crianças retornem presencialmente às unidades”, disse a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.


“Lembrando que quem quiser trocar de formato pode, só precisa comunicar a direção da unidade onde a criança está matriculada”, explicou a secretária.


Higiene reforçada

A secretária reiterou a importância de continuar respeitando os protocolos sanitários e os cuidados em geral que evitam contaminação: aferição de temperatura na entrada, limpeza dos pés no tapete sanitizante, higienização das mãos, horários escalonados de intervalo e para as refeições, não aglomerar, usar sempre a máscara, lavar as mãos, usar álcool gel, não emprestar material dos colegas, levar garrafinha de água.


“Sabemos que a saudade é grande mas todos precisam colaborar”, frisou.


Nos CMEIs, para as crianças da educação infantil, os cuidados também são os mesmos. No CMEI Maria Viezzer Hermann (na Vista Alegre), das 126 crianças matriculadas, 91 estão no presencial. “Todos estão acostumados aos cuidados, os pais se sentem seguros”, comentou a diretora Lizandra Terezinha Rosa da Cruz.


Júlia Teixeira, do pré I, estava feliz com os colegas em sala. “Aqui tem diversão. E eu aprendo coisas”, disse a menina.


Na Escola Municipal Batel (Centro), a fila na entrada estava cheia de rostos curiosos, como os irmãos Abdolaziz Atel Bem Ragiab, do 1º ano, e a irmã Aysha, do 4º ano.


A diretora Lucineia Percigili dividiu os horários de entrada, com o primeiro grupo (4º e 5º anos) às 7h30 e as turmas de 1º, 2º e 3º ano às 7h40. Na unidade, os estudantes do presencial também são maioria, apenas 120 dos 420 ficaram no remoto. “Depois de passar pelo termômetro e limpar os pés, eles seguem para as salas”, contou.

Últimas Notícias