Os principais atrativos de Budapeste, quando ir e como chegar | Notícias | Curitiba | Jornale

Os principais atrativos de Budapeste, quando ir e como chegar

29/07/2020

Dicas com os lugares essenciais para visitar na Hungria. 

Budapeste, capital da Hungria, é uma das cidades mais belas do mundo e um destino obrigatório de qualquer pessoa que vai visitar o Leste europeu. Seus encantos e curiosidades começam já no seu próprio nome. A origem da cidade se dá após a unificação de duas cidades situadas às margens do rio Danúbio: Buda e Peste. Buda, a parte montanhosa da cidade, era a parte onde a nobreza húngara vivia e é marcada por construções medievais e casarões. Peste, por sua vez, é o trecho plano da capital com formação mais recente e onde ficam os edifícios institucionais bem como a maior parte da população da capital da Hungria.

 

O grande número de pontos turísticos garante um fluxo de turistas constante durante todo o ano em Budapeste. Vários são os monumentos históricos que lá estão localizados e são considerados como Patrimônio da Humanidade. A arquitetura é, sem sombra de dúvidas, algo encantador e um traço marcante da cidade. Quem visita Budapeste se depara com igrejas no estilo gótico, prédios coloridos, cúpulas, castelos majestosos e estátuas. O rio Danúbio também merece destaque, uma vez que ele é um cartão-postal importante da cidade.

 

Országház: o Parlamento Húngaro

 

O Parlamento Húngaro deve ser um dos destinos obrigatórios de todos aqueles que visitarão Budapeste. Trata-se de um dos principais cartões-postais da cidade. Ele tem uma peculiaridade bem interessante: pode ser visto pelos dois lados da cidade, Buda e Peste, e cada lado traz uma experiência diferente. Apesar de ficar no lado de Peste, quando visto da região montanhosa de Buda os turistas tem a dimensão exata do quão imponente e bela é a estrutura do castelo.

 

Construído entre 1885 a 1902 ele é o maior edifício da Hungria e foi totalmente modelado no estilo neogótico. Suas inconfundíveis torres e pináculos são características marcantes do castelo. Em sua estrutura interna abriga mais de 700 salas e gabinetes que estão decoradas com estátuas de pessoas influentes na história húngara.

 

Bastião dos Pescadores

 

Localizado na colina do Castelo de Buda é composto por sete torres em estilo gótico o Bastião dos Pescadores é outro destino certo para turistas em Budapeste. Erguido ente os anos de 1895 e 1902 a estrutura foi construída com o objetivo de homenagear as sete tribos magiares que são as responsáveis pela fundação da Hungria ainda no ano de 896. Dessa forma, cada torre que compõe a estrutura total representa uma das tribos.

 

Igreja de Mathias

 

Quem visita o Bastião dos Pescadores deve aproveitar a deixa para conferir a beleza arquitetônica que é a Igreja de Mathias, que está localizada em frente ao Bastião dos Pescadores. É a igreja católica romana mais famosa de Budapeste. Seu nome é uma homenagem ao rei Mathias, que se casou por duas vezes nessa igreja.

 

A igreja possui no seu interior magníficas esculturas bem como obras de arte do século 14. Os grandes vitrais retratando parte da histórica da igreja católica também são atrações importantes.

 

No fim do século 19 a igreja passou por reformas no seu estilo barroco, mas não deixou de lado os elementos góticos que trazem um contraste interessante. As telhas são ao estilo diamante multicoloridas.

 

Castelo de Buda

 

O Castelo de Buda é uma das principais atrações turísticas de Budapeste. Sua localização não poderia ser melhor: no alto de uma colina a 170 metros de altura e as margens do rio Danúbio. Sua estrutura majestosa além de beleza arquitetônica inigualável fez com que o Castelo Buda fosse classificado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, em 1987.

 

Conhecido no passado como Castelo Real, haja vista ter servido como residência oficial dos reis húngaros até 1945, o Castelo Buda contempla em sua estrutura um conjunto de edifícios. A própria Igreja Mathias faz parte da estrutura. Além disso, edifícios históricos como o Museu da História de Budapeste e a Galeria Nacional Húngara também estão localizadas no Castelo Buda.

 

Mercado Central

 

Além das belezas da arquitetura de Budapeste também é interessante conhecer um pouco da culinária local. Para isso, uma visita ao Mercado Central de Budapeste é indispensável. O edifício que abriga o mercado é bastante tradicional e foi construído em 1896. Seu teto colorido de cerâmica lembra bastante o teto da Igreja Mathias

 

Nas barracas é possível encontrar itens bastante utilizados em Budapeste e na culinária húngara como um todo, como os vários tipos de pápricas picantes e salames. Visitar as barracas de doces também é um passatempo incrível. Na parte de cima é possível fazer refeições nas lanchonetes com pratos típicos da região.

 

Praça dos Heróis

 

Localizada em um dos extremos da icônica Avenida Andrássy a Praça dos Heróis está no meio de um complexo considerado Patrimônio da Humanidade. É na praça que estão edifícios importantes como o Palácio da Arte e o Museu das Belas Artes.

 

Na parte central da Praça dos Heróis está o monumento Memorial do Milênio. Ele possui em sua base várias estátuas de líderes e personalidades importantes quando do processo de fundação da Hungria. Além disso, no inverno a praça se torna uma atração a mais por se transformar em uma pista de patinação no gelo a céu aberto.

 

Avenida Andrássy

 

Ela é a mais famosa via de Budapeste e é comparada com a Champs-Élysées de Paris por causa de sua beleza inconfundível. Ao redor da avenida os turistas vão encontrar casas e palácios exuberantes bem como várias lojas de grifes conhecidas mundialmente.

 

Quando ir e como chegar em Budapeste?

 

Não existe uma época em que seja mais recomendável visitar Budapeste. A cidade é bela em todas as estações. Porém, as estruturas, edifícios e monumentos históricos ficam ainda mais belos durante o inverno europeu.

 

Clube de turismo

Planejar uma viagem é garantir que não haverá imprevistos desde a ida até a volta para casa. Todo esse planejamento pode ser feito por meio de um clube de férias programadas como o Clube Candeias. Um dos pontos mais importantes de uma viagem, seja para se divertir ou, até mesmo, a negócios, é a hospedagem. Conseguir um lugar que atenda as expectativas e seja aconchegante é muito importante e essa é a especialidade do Clube Candeias.

 

Mais informações em: https://www.clubecandeias.com/

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest