Jogadores brasileiros sofrem ofensas racistas na Ucrânia | Jornale

Jogadores brasileiros sofrem ofensas racistas na Ucrânia

11/11/2019

Taison se revoltou com a torcida e foi expulso de campo

 

 

Uma cena lamentável marcou o jogo entre Shakhtar Donestk e Dínamo Kiev, neste domingo, pelo Campeonato Ucraniano. Por volta dos 30 minutos do segundo tempo, torcedores do time de Kiev, visitantes no estádio do Metalist, atual casa do Shakhtar, fizeram ofensas racistas para jogadores rivais.

 

Os xingamentos foram direcionados aos brasileiros, e Taison se revoltou em campo. Ele respondeu mostrando o dedo do meio, chutou a bola para longe e acabou expulso por isso. O atacante deixou o campo chorando pelo ocorrido. Dentinho, seu companheiro de time, também demonstrou revolta com a situação.

 

Corinthians e Internacional, ex-clubes de Dentinho e Taison, manifestaram solidariedade aos jogadores pelo ocorrido.

 

Jogadores do Dínamo Kiev deram apoio aos jogadores adversários dentro de campo. A hipótese de encerrar o jogo foi cogitada, mas a partida foi reiniciada minutos depois. O Shakhtar venceu por 1 a 0 e disparou ainda mais na liderança do Ucraniano.

 

Outros cinco brasileiros, além do naturalizado ucraniano Júnior Moraes, estiveram em campo: Dodô, Ismaily, Marcos Antonio, Maycon e Tetê.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale