Polícia do Paraná elucida crime contra Rachel Genofre | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Polícia do Paraná elucida crime contra Rachel Genofre

20/09/2019

Identificação do homem como autor ocorreu por comparação genética

 

 

As forças de segurança do Paraná, de São Paulo e o Ministério da Justiça encontraram nesta quarta-feira (18) o suspeito de matar a menina Rachel Maria Lobo Oliveira Genofre em 2008. O corpo dela foi localizado em uma mala na Rodoferroviária de Curitiba. Ela tinha nove anos.

 

A identificação do homem como autor ocorreu por comparação genética, graças à integração da base de dados entre Paraná, São Paulo e Brasília.  Carlos Eduardo dos Santos, 54 anos, está preso na Penitenciária II de Sorocaba, em São Paulo, e tem extensa ficha criminal. Preso desde 2016, já foi condenado a 22 anos de prisão por estelionato, estupro, roubo e falsificação de documento. Os crimes ocorreram em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

 

Na época do crime, Carlos Eduardo dos Santos morava na Rua Alferes Pioli, no Centro de Curitiba, em um raio de 750 metros de distância do Instituto de Educação, onde a menina estudava. Ele trabalhava como segurança em São José dos Pinhais.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest