Paulo André faz 9s90 nos 100m | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Paulo André faz 9s90 nos 100m

30/08/2019

Capixaba é o primeiro brasileiro a correr abaixo dos 10s

 

 

Pela primeira vez na história um brasileiro correu os 100m rasos abaixo dos 10s. Só que ainda não foi desta vez que o feito foi validado. Dominante no Troféu Brasil, disputado em Bragança Paulista, Paulo André Camilo fez 9s90, mas com um vento favorável de 3.2 m/s, bem acima do limite de 2 m/s. Com isso, Robson Caetano segue como recordista sul-americano dos 100m com os 10s no Ibero-Americano de 1988, disputado na Cidade do México. Ainda nesta quinta, Vitor Hugo Mourão e Rosângela Santos conseguiram o índice para o Mundial de Doha, no fim de setembro.

 

“Estou muito feliz, o atleta sempre quer a melhor condição, mas nada é por acaso. É a primeira vez que alguém corre abaixo dos 10s no Brasil, mas isso é só o começo. É claro que estou desapontado pela marca não ter sido validada. Vou correr mais vezes abaixo de 10s e vou continuar trabalhando para que esse feito aconteça novamente no Mundial de Doha”, disse Paulo André.

 

A prata nos 100m ficou com Derick de Souza, com 10s10. Completou o pódio Vitor Hugo Mourão, com 10s12. Mais cedo, Vitor Hugo superou o índice para o Mundial ao fazer 10s07 na classificatória. Abraçados, os velocistas gritavam "ele merece, ele merece" para o carioca, que não competiu nas duas últimas edições do Troféu Brasil por causa de uma lesão no reto femural da perna direita que enfrenta desde 2017.

 

“Para mim é muito bom estar voltando para o Troféu Brasil depois de ficar dois anos fora da competição e vinha passando por muitas dificuldades. Eu estava treinando bem, mas os resultados não saíam na pista. Agora eu voltei com um espírito bom e a cabeça boa. Comecei a temporada com 10s60, com uma competição atrás da outra, então tive que focar a minha cabeça para fazer o meu melhor tempo”.

 

Quem também conseguiu o índice para Doha foi Rosângela Santos, que venceu a final dos 100m feminino com 11s23. A prata ficou com Lorraine Barbosa, com 11s36, e o bronze com Ana Carolina Azevedo, com 11s41.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest