Estado destina 78 obras para o Memorial João Turin em Curitiba | Destaques | Jornale | Curitiba

Estado destina 78 obras para o Memorial João Turin em Curitiba

15/08/2019

Além de expôr os originais, está na proposta do futuro Memorial Paranista um jardim com esculturas em grandes proporções das principais obras do paranaense

Pelo menos 78 esculturas originais do paranaense João Turin, que fazem parte do acervo do Estado, irão compor o memorial em homenagem ao artista, que será construído no Parque São Loureço, em Curitiba. O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o prefeito Rafael Greca assinaram nesta quarta-feira (14), no Palácio Iguaçu, um protocolo de intenções que formaliza o repasse das obras de arte à prefeitura, para que sejam expostas no memorial.

 

Nascido em Morretes (Litoral) em 1878, Turin é considerado o precursor da escultura no Estado e um dos expoentes do Movimento Paranista, que buscava construir a identidade regional do Paraná por meio da arte e de símbolos como o pinheiro e a erva-mate. Junto com as obras que estão sob responsabilidade do Estado, o memorial também vai receber esculturas dos acervos da Casa João Turin e do empresário Samuel Lago, que detêm os direitos sobre o acervo do artista.

 

Além de expôr os originais, está na proposta do futuro Memorial Paranista um jardim com esculturas em grandes proporções das principais obras do paranaense. “João Turin é um dos maiores artistas do Paraná e teve grande reconhecimento internacional. Ele deixou um legado importantíssimo para o Estado, e agora esse grande projeto dará oportunidade para que mais pessoas tenham acesso a essas obras”, disse Ratinho Junior.

 

Muitas esculturas de Turin, que se especializou em obras que representam indígenas, figuras heroicas e animais, estão espalhadas por Curitiba, como o Tigre Esmagando a Cobra, localizada próximo ao portal de Santa Felicidade. Há 410 obras catalogadas, incluindo também desenhos, pinturas, design de moda e criações arquitetônicas.

 

“O memorial será um legado à memória do grande artista João Turin 70 anos depois de sua morte”, afirmou Rafael Greca. “Curitiba já tem espaços que homenageiam as culturas polonesa, alemã, italiana, ucraniana, árabe e japonesa. Agora vai ter o parque do Paraná, o Memorial João Turin”, completou.

 

INFRAESTRUTURA – No encontro, também foram apresentadas obras de infraestrutura que estão sendo planejadas para melhorar a estrutura viária de Curitiba, com foco na mobilidade urbana e na integração do transporte público metropolitano. Os estudos e projetos técnicos estão sendo discutidos desde o início do ano pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc).

 

Estão incluídos projetos como a ligação da Rodovia dos Minérios com a Rua Mateus Leme, no Abranches; a implantação de binário no Caiuá, o Viaduto do Orleans, e a conclusão do Eixo Leste, entre Pinhais e Curitiba.

 

PRESENÇAS – Participaram do encontro o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega; o diretor-presidente da Comec, Gilson Santos; o secretário municipal de Governo e presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur; a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Oliveira Dias; a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro; o presidente da Câmara Municipal, Sabino Picolo; e os vereadores Pierpaolo Petruzziello e Alex Rato.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale