Efeito yuan faz os mais ricos do mundo perderem US$ 110 bilhões em um só dia | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Efeito yuan faz os mais ricos do mundo perderem US$ 110 bilhões em um só dia

08/08/2019

Moeda chinesa é desvalorizada em meio à guerra comercial

 

 

A fortuna das 500 pessoas mais ricas do mundo sofreu uma perda gigantesca em apenas um dia depois da escalada da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

 

Segundo dados da Bloomberg, os maiores magnatas perderam na segunda-feira (05), em conjunto, 2,1% de seu patrimônio, valor equivalente a US$ 110 bilhões, depois da desvalorização da moeda chinesa, o yuan, causando a maior queda do ano nos mercados de ações.

 

Entre os afetados pelo "efeito yuan", o maior perdedor foi o fundador da Amazon, Jeff Bezos, cuja fortuna diminuiu em US$ 3,4 bilhões depois que as ações da empresa despencaram. Apesar de tudo, Bezos continua sendo o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 110 bilhões.

 

Depois do furacão da segunda-feira, na terça-feira os mercados acordaram tranquilos e o yuan estabilizou seu valor. Assim, os bilionários gradualmente começaram a recuperar parte do terreno perdido. No entanto, apesar das perdas sofridas pelos 500 bilionários em um único dia, o clube acumula um aumento de sua riqueza de 11% até agora este ano.

 

Em todo caso, se a "guerra comercial" continuar, os mercados devem cair novamente, como aconteceu toda vez que Washington ou Pequim mostraram seus dentes anunciando medidas de "combate" econômico.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest