Delegado vai à Espanha para interrogar militar preso com cocaína | Notícias | Curitiba | Jornale

Delegado vai à Espanha para interrogar militar preso com cocaína

06/07/2019

Sargento foi detido com 39 quilos de cocaína no em avião da comitiva de Bolsonaro

 

 

A Polícia Federal decidiu enviar um delegado para a Espanha a fim de interrogar pessoalmente o sargento Manoel Rodrigues, preso no aeroporto de Sevilha com 39 quilos de cocaína em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

 

A prisão se deu quando o avião da FAB pousou no aeroporto no último dia 25. As autoridades espanholas encontraram a cocaína dividida em 37 pacotes de mais de um quilo. O militar integrava a tripulação do avião, que estava na Espanha como apoio à viagem do presidente Jair Bolsonaro ao Japão.

 

O delegado da PF responsável pela investigação deve acompanhar na viagem à Espanha oficiais da FAB que também ouvirão o sargento.

 

A PF poderia ter pedido o compartilhamento de provas, já que as autoridades espanholas também apuram o caso. Mas decidiu enviar um delegado.

 

A Polícia Federal é responsável pela investigação do crime lavagem de dinheiro. A FAB, pela investigação de tráfico internacional de drogas.

 

Os responsáveis pelo inquérito da PF estão rastreando os bens do sargento para descobrir se ele tem patrimônio não compatível com a renda.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest