Oficina de crochê integra pacientes oncológicos e auxilia na recuperação | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Oficina de crochê integra pacientes oncológicos e auxilia na recuperação

19/01/2019

O objetivo foi o de humanizar o atendimento e mudar o conceito, enxergando o paciente de forma integral.

 Com foco no atendimento interdisciplinar e na humanização da assistência, o Hemomed Instituto de Oncologia e Hematologia, maior centro privado de atendimento oncológico do país, com 10 mil atendimentos por mês, promove a sua 1ª oficina de crochê para ensinar pacientes e seus acompanhantes a tecerem perucas de princesas, príncipes e super-heróis.

Segundo a psicóloga do Hemomed, Liliane Marques Barbosa, o objetivo do projeto é integrar os pacientes, ensinar um ofício que pode gerar renda e, mais importante, é tornar nosso atendimento mais humano e auxiliar o processo de recuperação. Para a psicóloga, essa atividade artística e lúdica feita em grupo aproxima os pacientes e seus familiares da equipe médica e incentiva os pacientes a serem criativos e produtivos.

 

A professora voluntária de crochê Carla Bortolli, que também é paciente do Instituto, irá ministrar as aulas em duas turmas: na parte da manhã reúne os alunos que não sabem fazer crochê e a tarde a turma que já sabe manejar a agulha.

Importante tratar o paciente como um ser integral

Hematologista de formação, o presidente do Hemomed, o médico Adelson Alves, sempre acreditou que o tratamento do paciente não pode ficar restrito a médicos e medicamentos. Criou há alguns anos na rede de clínicas, uma equipe interdisciplinar formada por psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, farmacêuticos, assistentes sociais entre outros profissionais.

 

O objetivo foi o de humanizar o atendimento e mudar o conceito, enxergando o paciente de forma integral. "No Hemomed, temos o paciente como foco e como prioridade e aprendemos a ver o paciente como um ser inteiro, não apenas um doente. Então sentimos a necessidade de não apenas cuidar do corpo dele, mas de sua integralidade", destaca o presidente.

Além da Oficina de Crochê, o Hemomed realiza várias ações de bem-estar, de valorização da autoestima do paciente, sempre procurando integrar a família e a equipe interdisciplinar.

Com um trabalho de excelência na área oncológica, o Grupo Hemomed completa em agosto 47 anos de existência, integrando o hemocentro e armazenamento e pesquisas de células-tronco com unidades na Grande São Paulo, interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife e Brasília.

 

Serviço

1ª Oficina de Crochê Hemomed

Dia 21 de janeiro: das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h00

Av. Arnolfo de Azevedo, 121 - Pacaembu

Inscrições para pacientes e seus familiares

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest