Juiz sugere que Fux mantenha Deonilson Roldo na prisão | Notícias | Curitiba | Jornale

Juiz sugere que Fux mantenha Deonilson Roldo na prisão

15/01/2019

Defesa de ex-secretário entrou com pedido de habeas-corpus

 

 

O juiz Paulo Sergio Ribeiro, da 23.ª Vara Federal Criminal de Curitiba, sugeriu ao ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux que não acolha o pedido de habeas corpus do ex-chefe de gabinete do ex-governador Beto Richa (PSDB), Deonilson Roldo, preso em setembro do ano passado na operação Piloto.

A 53ª fase da Lava Jato, que investiga um esquema de pagamento de propina pela Odebrecht ao grupo político do tucano em troca de favorecimento em uma licitação para obras de duplicação da PR 323 (região Norte), em 2014. No sábado, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, acatou pedido semelhante e determinou a soltura do empresário Jorge Atherino, preso na mesma operação, e apontado pelo Ministério Público Federal como o “operador financeiro” do esquema.

Em relação a Roldo, Toffoli encaminhou um pedido de informações ao juiz da 23.ª Vara Federal Criminal de Curitiba. E indicou que a decisão final seria de Fux, que assumiu interinamente a presidência do STF na última segunda-feira, com a responsabilidade de julgar esse tipo de pedido até o fim do recesso do Judiciário.

Em relação à Roldo, Ribeiro alega que a prisão “foi decretada na para a garantia da ordem pública, para afastar os riscos de renovação de crimes de corrupção e de lavagem, além de necessária pela elevada gravidade em concreto dos crimes em apuração”.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Siga Jornale

  • Pinterest