MP eleitoral pede cassação de Francischini | Notícias | Curitiba | Jornale

MP eleitoral pede cassação de Francischini

07/01/2019

Deputado é acusado de ter oferecido jantar para arregimentar eleitores

 

 

O Ministério Público Eleitoral no Paraná protocolou ontem uma representação contra o deputado estadual eleito Fernando Francischini (PSL), pedindo a cassação de seu diploma por captação e gasto ilícito de recursos durante sua campanha. O MPE também entrou com seis Ações de Impugnação de Mandado Eletivo (AIME) contra coligações e partidos acusados de lançar candidatos “fantasmas” para driblar e fraudar a exigência de uma cota de 30% de candidaturas do sexo feminino.

O MPE alega que ao julgar as contas de campanha do deputado, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) constatou “graves irregularidades”, se posicionando pela desaprovação das contas. Entre elas estaria a existência de gastos de campanha não quitados, incluindo um jantar promovido no restaurante Madalosso, no valor de valor de R$ 74.290,00. Segundo o MPE, a lei eleitoral proíbe a “produção ou patrocínio de eventos promocionais de candidatura”, por considerar que isso poderia representar compra de votos.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Siga Jornale

  • Pinterest