Bienal de Curitiba abre mostra de arte contemporânea no Paraguai | Notícias | Curitiba | Jornale

Bienal de Curitiba abre mostra de arte contemporânea no Paraguai

30/11/2018

Mostra Aura Latente está no Museu do Barro em Assunção

 

 

Acontece nesta sexta-feira, 30 de novembro, no Centro de Artes Visuais do Museu do Barro da cidade de Assunção (Paraguai), a abertura da exposição “Aura Latente: Arte Contemporânea no Paraguai – Possíveis Linhas de Fuga”.  A exposição integra a edição comemorativa aos 25 anos de fundação da Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, que em 2018 apresenta diversas exposições por museus e centros culturais de Curitiba e de outras cidades da América do Sul.
Com curadoria de Tício Escobar e expografia de Osvaldo Salermo, “Aura Latente” apresenta obras de vários artistas e coletivos, reunidas a partir do conceito de “contemporanieadade”, entendido não como uma etapa, mas sim como um foco. Com mais de cinquenta obras, a exposição não pretende oferecer um roteiro exaustivo da arte contemporânea no Paraguai, mas sim apenar uma aproximação às variações deste foco, com ênfase em alguns aspectos que constituem os conteúdos e as metodologias principais da contemporanieadade da arte, como os vínculos entre as sensibilidades diferentes com o âmbito do socio-político, ou os discursos científicos e históricos.
Um dos focos da curadoria consiste no interesse em presentear não apenas aquelas obras consagradas pelos circuitos autorizados de arte, mas também gestos mais titubeantes que, à margem do Mercado e do grande sistema da arte, apelam ao sensível para afetar a esfera pública, no âmbito digital das redes sociais e nos ativismos políticos em defesa dos Direitos Humanos e da diferença; obras que apelam para novos regimes ou meios de colocação em circulação; e inclusive peças do design que, ainda que conversem com o Mercado e a esfera de consumo, excedem os limites impostos pela lógica mercadológica, muitas vezes asséptica ou enfraquecida. 
Na sua ânsia de incorporar outros registros mais além das artes visuais, a exposição se completa com um ciclo de audiovisuais de diretores paraguaios ou sobre o Paraguai. A exposição, que conta com o apoio da Fundação Itaú e estará aberta ao público até o dia 28 de fevereiro de 2019.
SERVIÇO
“Aura Latente: Arte Contemporânea no Paraguai – Possíveis Linhas de Fuga”
Abertura: 30 de novembro de 2018, 19h30
Local: Museo Del Barro, Assunção, Paraguai.
Realização: Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Museu Oscar Niemeyer, Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Paraná, Ministério da Cultura do Governo Federal.
Apoio: Fundação Itaú, Consulado do Paraguai em Curitiba, Embaixada do Brasil em Assunção.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

ALEP_MASCARAS-COVID-19_BANNER_motivo01_3
Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest