Esquiva Falcão derrota Guido Pitto e segue invicto | Destaques | Jornale | Curitiba

Esquiva Falcão derrota Guido Pitto e segue invicto

21/10/2018

Brasileiro venceu o argentino por decisão unânime 

 

 

G1
Não era uma luta de cinturão, mas era um Brasil e Argentina em cima do ringue em Las Vegas, nos Estados Unidos. Com uma boa precisão de golpes, o brasileiro Esquiva Falcão mostrou toda sua técnica no boxe profissional e derrotou o argentino Guido "Chico" Pitto por decisão unânime dos juízes.
No primeiro round, o brasileiro partiu pra cima do argentino. Com muitos diretos de direita, Esquiva foi forçando Pitto a respeitar seus golpes. Ao final dos primeiros três minutos, o olho esquerdo do adversário já estava bem machucado. O brasileiro começou o segundo round também partindo pra dentro de Pitto. Sem muita movimentação de pernas e praticamente parado no ringue, Esquiva soltava o braço em direção ao rosto e ao corpo do argentino. Nesse round, foi a primeira vez que Pitto conseguiu conectar bons golpes no rosto de Esquiva, mas sem mostrar muita potência.
No início do terceiro round, o brasileiro forçou muitos golpes e tentou encerrar a luta por nocaute, mas sem muita efetividade. Faltado cerca de 30 segundos, Esquiva acertou um direto no olho esquerdo de Guido Pitto e cortou o supercílio do adversário. O brasileiro também recebeu alguns golpes, mas sem muita força.
Com um pouco menos de velocidade e força, Esquiva tentou concectar bons golpes no quarto round. O argentino conseguiu defender os golpes do brasileiro e também tentou mostrar efetividade nos contra golpes. O quinto round foi mais aberto: tanto Esquiva, quanto Pitto soltaram seus socos e abaixaram suas guardas. Depois de trinta segundos de luta aberta, ambos os dois lutadores preferiram fechar suas defesas e a luta ficou um pouco truncada.
Visivelmente mais cansados, os dois lutadores diminuíram o ritmo da luta nos sexto e sétimo rounds, mas não pararam de trocar golpes. O argentino preferiu ir para a troca franca e acertou alguns bons socos no brasileiro. Com uma boa resistência física, Pitto não parecia se abater com os golpes de Esquiva até o oitavo round: quando um soco do brasileiro fez com que o argentino se desequilibrasse e desse um passo a frente. Com uma troca de golpes de curta distância, os dois lutadores se mostravam muito cansados no ringue.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale