MPPR recomenda que Prefeitura regularize contrato do lixo | Notícias | Curitiba | Jornale

MPPR recomenda que Prefeitura regularize contrato do lixo

22/06/2018

Curitiba tem contrato de emergência com prestadora de serviço

 

 

O Ministério Público do Paraná emitiu recomendação administrativa, dirigida ao prefeito de Curitiba e à secretária Municipal do Meio Ambiente para correção do edital de concorrência pública para contratação de serviços de limpeza urbana e tratamento de resíduos sólidos. De acordo com o documento, o edital contém indícios de irregularidades que restringem a competitividade, o que poderá levar à nulidade da concorrência.

Na recomendação, o Ministério Público do Paraná alerta para a necessidade de correção de três itens do edital. Alguns serviços distintos foram agrupados num mesmo lote, sem que fosse justificada qualquer vantagem para o Município com essa aglutinação. Além disso, há um rigor excessivo na documentação solicitada aos participantes, exigindo comprovação de patrimônio líquido mínimo concomitantemente à de capital social mínimo, o que pode prejudicar a competição – a legislação pede apenas uma dessas comprovações. Também é excessivamente restritiva a exigência de atestado de qualificação técnico-operacional que comprove a prestação de serviços em quantidades mensais de 70%, superiores à prevista na legislação, que é de até 50%.

O documento alerta que o descumprimento das recomendações configurará ato de improbidade administrativa pelo qual os agentes públicos envolvidos poderão ser responsabilizados.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale