Simepar prevê inverno mais frio e sem chuvas | Notícias | Curitiba | Jornale

Simepar prevê inverno mais frio e sem chuvas

20/06/2018

As menores temperaturas ocorrem na Capital e na Região Central

 

 

O inverno começa às 7h07 desta quinta-feira (21) e termina às 22h54 de 22 de setembro. No primeiro dia no Paraná o tempo fica nublado com as temperaturas variando entre 8 graus e 26 graus. As menores temperaturas ocorrem na Capital e na Região Central. As maiores temperaturas verificam-se na Região Noroeste. Na sexta (22) as temperaturas sobem um pouco em todas as regiões, exceto no Sul onde podem cair ligeiramente.

Segundo a previsão do Simepar, não deve chover no primeiro dia deste inverno. Há condições para formação de nevoeiros entre os Campos Gerais e a Região Metropolitana de Curitiba, que devem perder força durante a manhã. À tarde o sol predomina em todas as regiões.

Na sexta-feira (22) uma frente fria de fraca atividade aproxima-se do Paraná, aumentando as nuvens na Região Sul, o que favorece a ocorrência de chuvas fracas pontuais. No sábado o tempo fica estável. No domingo outra frente fria avança pelo Sul do país, causando instabilidade. Estão previstas chuvas para todas as regiões paranaenses no início da semana, mas o tempo deve melhorar a partir de quarta-feira (27).

No Paraná há entre 40% e 45% de probabilidade de que o inverno seja menos chuvoso do que o normal. Segundo o meteorologista do Simepar, Cezar Duquia, as chuvas devem distribuir-se próximas à média histórica. A maioria dos modelos meteorológicos indica a neutralidade do fenômeno El Niño durante o inverno. A análise dos modelos do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) sugere ocorrência de chuvas abaixo da normalidade no Sul do Brasil.

A base de dados sobre o inverno paranaense apresenta baixos volumes de chuvas. As médias acumuladas mensais variam de 80 mm a 100 mm ao longo do Vale do Paranapanema e de 140 mm a 180 mm no Sudoeste em junho.

Julho costuma ser menos chuvoso, variando de 40 mm a 50 mm no Norte e de 100 mm a 140 mm no Sudoeste. Em agosto, a variação é de 60 mm a 80 mm no Norte e de 110 mm a 140 mm no Sudoeste.

Em setembro, os volumes ficam entre 80 mm e 100 mm numa estreita faixa ao longo da bacia do médio e alto Paranapanema até uma área de 140 mm a 180 mm no Sudoeste.

As temperaturas neste inverno devem seguir a tendência da normalidade, ao contrário do ano anterior quando ficaram acima da média, informa Cezar Duquia. Historicamente em junho os menores valores médios mensais variam de 10 oC a 12 oC no Sul e de 16 oC a 18 oC no Noroeste do Estado.

Em julho, costumam ficar entre 8 oC e 10 oC no Sul e entre 16 oC a 18 oC no Noroeste. Em agosto, situam-se entre 12oC e 14 oC no Sul e 18 oC a 20 oC ao longo do Vale do Paranapanema. Em setembro, as temperaturas passam a elevar-se naturalmente, variando de 14 oC a 16 oC no Sul e de 18 oC a 20 oC no Norte.

Os registros históricos de baixas temperaturas mais expressivos são de Palmas, no Sul do Estado, onde a temperatura mínima absoluta chegou a -8,2 oC em junho de 1967, -8,5 oC em julho de 1963, -8,9 oC em agosto de 1963 e -5,7 oC em setembro de 1964.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale