Androginia e honestidade do início do século XX, de August Sander | Jornale

Androginia e honestidade do início do século XX, de August Sander

24/05/2018

A Alemanha honesta e androgêna do início do século XX, conservadorismo rural e aviadores elegantes compõem o retrato pioneiro de August Sander da Alemanha pré-Weimar

 

Foto - Boêmios, 1922-1925

O fotógrafo alemão August Sander foi um pioneiro documentarista da arte conceitual. August Sander Men Without Masks está na Hauser and Wirth Gallery, Londres, até 28 de julho. Todas as imagens: August Sander / Die Photographische Sammlung / SK Stiftung Kultur-August Sander Archiv, Colônia / DACS 2018.

Foto - Pugilistas, 1929

Ao longo de uma carreira de décadas, Sander criou um retrato sociológico da sua pátria, do seu povo, das suas paisagens e das suas cidades. Os boxeadores eram comuns em seus retratos sociais.

Foto - Esposa do pintor Helene Abelen, c 1926

O trabalho de Sander capta tanto o papel social desempenhado pelas pessoas que ele fotografou quanto seus personagens individuais. Esta imagem de Frau Abelen - mulher fumante e andrógena - é icônica pela sua presciência.

Foto - Menina na caravana de diversão, 1926-1932

Sander procurou apresentar todos os aspectos da sociedade alemã, incluindo aquelas imagens que desafiavam o status social. Caravanas que passavam em cidade em cidade para apresentações de show e diversão para o povo também foram retratados.

Foto - Estudante do ensino médio, 1926

A exposição "Hauser e Wirth" apresenta uma extensa seleção de fotografias raras e de grande escala.

Foto – Recruta aposentado, c 1928

Feitas entre 1910 e 1931, os retratos em exibição pintam uma imagem do complexo cenário socioeconômico da Alemanha nos anos que antecederam e passaram pela República de Weimar.

Foto - Artista de circo, 1926-1932

A obra de Sander é notável por sua ruptura com a abordagem pictórica que seus colegas fizeram na fotografia. Em vez disso, ele foi caracterizado por detalhes extraordinários, perspectiva direta e uso de luz natural.

Foto - Meninas, 1925

A abordagem conceitual de Sander surgiu da ideia do Stamm-Mappe, ou álbum caseiro. Ele começou fotografando as pessoas de sua aldeia rural nativa, Westerwald, classificando-as "de acordo com seu arquétipo essencial, com todas as características da humanidade em geral".

Foto - Aviador, 1920

Sander disse: 'Nada me parece mais apropriado do que projetar uma imagem do nosso tempo com absoluta fidelidade à natureza por meio da fotografia ... Deixe-me falar a verdade com toda a honestidade sobre nossa idade e as pessoas de nossa era".

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale