Moradores de rua terão atendimento especial durante o frio | Notícias | Curitiba | Jornale

Moradores de rua terão atendimento especial durante o frio

21/05/2018

Prefeitura realiza ações para socorrer pessoas com necessidade

 

 

Com a previsão meteorológica de frio intenso neste fim de semana e na segunda-feira, a Prefeitura de Curitiba intensificará os serviços de busca ativa de pessoas em situação de rua por toda a cidade. Equipes de abordagem da Fundação de Ação Social (FAS) estarão nas ruas para localizar e ofertar acolhimento a todos que estiverem em situação de risco.

Serão 24 servidores, entre assistentes sociais, pedagogos, psicólogos e educadores sociais, divididos em seis equipes que farão o serviço de busca ativa e outras cinco que sairão às ruas atendendo apenas as solicitações que chegam à Central 156, canal de comunicação da Prefeitura com a população. O atendimento à população em situação de rua é uma prioridade da gestão do prefeito Rafael Greca.

A ação emergencial é intensificada, das 19h às 23h, sempre que a temperatura chega à mínima de 7 graus. Nos demais horários, os serviços de busca ativa e abordagem social seguem o cronograma de rotina das equipes da assistência social, que são realizados, durante o dia, pelo Centro de Monitoramento 24 Horas, na Regional Matriz, e pelos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e Centros POP, nas outras nove regionais.

A presidente da FAS, Elenice Malzoni, explica que o objetivo é localizar todas as pessoas que estão em situação de rua e correm risco de morte por hipotermia. “Não podemos perder nenhuma pessoa para o frio, por isso, estaremos nas ruas para fazer o resgate, ofertar acolhimento e os demais serviços que sejam necessários”, disse Elenice.

Para receber as pessoas em situação de rua neste inverno, a Prefeitura implantou uma unidade no ginásio da Praça Plinio Tourinho, com a oferta de 160 vagas de acolhimento temporárias, disponíveis entre os dias 15 de maio e 15 de setembro. Com isso, o número de vagas ofertadas chega a aproximadamente 1.200, considerando a ampliação da rede oficial, as unidades conveniadas, as unidades parcerias e os atendimentos diurnos.

No caso de crianças e adolescentes em situação de rua, as equipes da FAS acionam os Conselhos Tutelares e a fundação realiza o acolhimento em unidades que atendem esse público.

Refeitório móvel

As pessoas em situação de rua da região central também contam com o Expresso Solidariedade, um ônibus adaptado que funciona como um refeitório móvel e circula pela cidade para a distribuição de refeições feitas por voluntários.

O atendimento acontece diariamente, das 18h às 23h, em pontos mapeados onde há maior concentração de pessoas em situação de rua.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest