Um filme que une terror, suspense e tatuagem | Destaques | Jornale | Curitiba

Um filme que une terror, suspense e tatuagem

17/04/2018

Conhecido mundialmente com o título de “The Tattooist” e no Brasil como “O Tatuador” narra a história de um artista que precisa enfrentar o misticismo da região das ilhas de Samoa

Lançado em 2007 o longa “O Tatuador” é a história de um artista (Jason Behr) que se torna fascinado e obcecado por aprender a técnica da tatuagem das ilhas de Samoa.

Este desejo acaba coloca o protagonista em perigo com o misticismo presente na ilha e onde um perigoso espírito acaba por ser solto.

O ator Jason Behr está na pele – literalmente – de um tatuador que, num impulso rouba um raro artefato para tatuar, da cultura Samoa e acaba se arranhando com ele no processo. Arrependido, vai à Nova Zelândia para devolver o objeto e se estabelece lá trabalhando num estúdio.

Sem saber que está amaldiçoado, cada pessoa que ele tatua morre de forma horrível e misteriosa. A corrida contra o tempo para resolver o mistério começa quando ele percebe o que está acontecendo, em que havia acabado de tatuar uma mulher por quem se apaixona.

Apesar de Behr parecer um ator de uma só expressão, o roteiro consegue segurar o ritmo muito bem e surpreende em não se render às convenções do gênero. Muito mais que um mero terror, há toda uma camada de suspense sobrenatural, o que é fundamental para que o espectador mantenha o interesse pela trama, compacta e concisa, em seus 90 minutos a duração certa para não saturar.

Assusta o trailer abaixo

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale