Livro narra o Boxe no Novo México em um período de 72 anos | Destaques | Jornale | Curitiba

Livro narra o Boxe no Novo México em um período de 72 anos

20/03/2018

Chris Cozzone e Jim Boggio revelam o início do boxe no quinto maior estado dos Estados Unidos, o Novo México de 1868 a 1940

 

Em 28 de junho de 1868, um grupo de homens se reuniu ao lado de uma estrada, a uns 35 quilômetros ao norte de Albuquerque, para testemunhar uma luta de 165 rounds em 6 horas. Entre o conhecido pugilista do Colorado Barney Duffy e "Jack", um lutador não identificado, que acabou morreu devido aos seus ferimentos.

Pensasse que essa luta seria o primeiro combate "oficial" no Novo México, este trágico espetáculo marcou o início da história rica e variada do boxe no quinto maior estado dos Estados Unidos.

Entre 1868 a 1940, na pesquisa feita para o livro “Boxing in New Mexico” lançado em 2013, pelos autores Chris Cozzone e Jim Boggio. O boxe no Novo México tem tornado um paralelo entre as lutas e as glórias do estado, através do Oeste Selvagem, da Política, da Depressão, da Guerra e do crescimento econômico.

É uma história localizada em bairros, cidades fantasmas e acampamentos de mineração, ao longo das estradas de ferro e nos casinos, e povoada por vaqueiros, soldados, trabalhadores, habitantes do bairro e muito mais.

Este livro narra mais de 70 anos do passado do boxe nascido no Novo México, representando a exploração mais aprofundada do combate de prêmios em uma região ainda em crescimento.

Sobre os autores

Chris Cozzone é um escritor, fotógrafo e historiador freelancer da temática do boxe. Seu trabalho apareceu em revistas, jornais e sites, incluindo Fightnews.com, The Ring e ESPN. Ele mora em Albuquerque, no Novo México.

O falecido Jim Boggio de Albuquerque, Novo México, era jornalista e presidente da New York Athletic Commission.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale