Boxe Feminino: Becky Zerlentes, uma história trágica | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Boxe Feminino: Becky Zerlentes, uma história trágica

13/03/2018

A boxeadora feminina Becky Zerlentes morreu no ringue depois que ela foi nocauteada por Heather Schmitz. Becky caiu no ringue e nunca acordou. Ela foi a primeira boxeadora a morrer no ringue.

As duas lutadoras não se conheciam, embora Heather Schmitz tenha treinado no Front Range Boxing Academy em Boulder, a 60 milhas do Hard Knocks Gym da boxeadora Becky Zerlentes em Milliken. Mas elas começaram a se falar durante um período de quatro dias antes da luta agendadas para Denver e perceberam o quanto elas tinham em comum.

"Elas apertaram as mãos, conheceram-se, realmente se deram bem", disse Jeanne DePriest, presidente das autoridades da Colorado Golden Gloves, que testemunharam a ligação durante a manipulação da pesagem. "Becky disse:" Depois disso tudo acabou, em algumas semanas, por que não almoçamos juntas? "

Quatro dias depois, no dia 2 de abril de 2005, na rodada final de uma luta amadora de três rodadas, Zerlentes entrou em coma depois de levar um golpe de direita de Schmitz no lado esquerdo de seu rosto, que ainda assim estav com protetor de cabeça.

Zerlentes, 34, morreu um dia depois. O diagnóstico inicial foi que ela morreu de trauma de força contundente. Ela se tornou a primeira lutadora feminina a morrer em uma luta profissional ou amadora aprovada. Uma proibição contra boxeadoras foi levantada pelo EUA Boxing em 1993.

A morte do ringue de Zerlentes foi paralelamente a linha de história de Million Dollar Baby, o filme premiado com o Oscar sobre uma heroína empobrecida com mais de 30 anos, que luta por um grande prêmio financeiro, depois perde a vida por sofrer lesões no ringue.

Apesar do final trágico, os líderes das principais comissões de atletismo do estado do boxe dizem que o sucesso do filme - e talvez o sonho de alcançar o corpo esbelto da atriz Hilary Swank - parece ter contribuído para um maior interesse no boxe feminino.

Assista o vídeo abaixo.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest