Delegado ouve deputados vítimas de golpe do celular | Notícias | Curitiba | Jornale

Delegado ouve deputados vítimas de golpe do celular

13/03/2018

Golpistas clonaram telefones e pediram dinheiro a contatos

 

 

O delegado titular da Delegacia de Estelionato de Curitiba, Edward Figueira Ferraz, esteve na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) na tarde desta segunda-feira (12) para ouvir os deputados estaduais Luiz Claudio Romanelli (PSB), Luiz Carlos Martins (PSD) e Evandro Araújo (PSC), que foram vítimas na semana passada de um golpe via telefone celular.

A ação dos criminosos consistia na ativação de um chip de telefonia móvel com os números de telefone celular e dados pessoais dos parlamentares. Após o chip ativado, os golpistas solicitavam aos contatos dos deputados, salvos no aplicativo WhatsApp, depósitos no valor de R$ 2.000,00 via aplicativo do Banco do Brasil. Além dos deputados, a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), também foi vítima dos estelionatários.

De acordo com informações da Delegacia de Estelionato, o golpe é recente na praça e, no caso dos deputados e da vice-governadora, foi aplicado por estelionatários do Maranhão. Inclusive, o delegado Edward Figueira Ferraz seguiu para o estado nordestino após ouvir os parlamentares, com objetivo de elucidar o caso juntamente com o apoio das autoridades de segurança pública maranhenses. “Trata-se de uma situação extremamente complexa, na qual qualquer cidadão de bem pode ser vítima”, apontou Romanelli.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Siga Jornale

  • Pinterest