PM encaminha cinco pessoas durante o Atletiba | Jornale

PM encaminha cinco pessoas durante o Atletiba

05/02/2018

Polícia registrou conflitos em vários pontos da cidade

 

 

 

O policiamento preventivo e ostensivo para o primeiro Atletiba de 2018, planejado pelo 12º Batalhão de Polícia Militar resultou no encaminhamento de cinco pessoas (quatro no estádio Couto Pereira e uma em Fazenda Rio Grande) neste domingo (4). Houve focos de conflito entre torcidas rivais em pontos da Capital e RMC, mas a PM atendeu as ocorrências e dispersou os envolvidos. Um policial militar foi ferido no rosto dentro do estádio e foi levado ao hospital.

De acordo com o Comandante da Operação Futebol e Chefe de Planejamento do 12º Batalhão, major Emídio Angelotti, houve quatro detidos dentro do estádio: três por desacato e um por porte de drogas. Todos foram levados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim), na Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), para a lavratura do Termo Circunstanciado (TC) por se tratarem de crimes de menor potencial ofensivo.

O oficial ainda destacou que as escoltas dos times e das torcidas organizadas ocorreram sem transtornos. “A chegada das delegações adversárias ao estádio não teve alterações e as equipes policiais atenderam a demanda”, complementou o major.

O Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) recebeu chamadas pelo 190 sobre conflitos entre torcedores do Coritiba e do Atlético Paranaense antes do início da partida. A primeira situação foi por volta de 13 horas em Fazenda Rio Grande (PR), onde a Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 13º Batalhão atendeu ao chamado e encaminhou um torcedor envolvido no tumulto, dispersando os demais.

No bairro Pinheirinho um ônibus coletivo, com aproximadamente 40 torcedores, foi abordado pelas equipes da ROTAM do 13º Batalhão após a PM receber informações de agitação. Os que possuíam ingresso foram liberados para seguir ao estádio, e os demais dispersados do local.

Por volta de 14h10 outro tumulto foi registrado pela PM no terminal do Capão Raso. Aproximadamente 30 pessoas se envolveram na situação e as equipes da Radiopatrulha foram até lá e dispersaram os grupos para evitar mais conflitos, situação semelhante que ocorreu no terminal da Barreirinha, na região Norte da Capital, onde a rixa entre os torcedores dos times adversários foi cessada. Outras situações relatadas à PM não foram constatadas por não serem encontrados os envolvidos.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale