Artistas clandestinos na Coreia do Sul e sua paixão pela tatuagem | Notícias | Curitiba | Jornale

Artistas clandestinos na Coreia do Sul e sua paixão pela tatuagem

15/01/2018

Tatuagens de gatos podem ser a maneira mais linda de quebrar a lei anti-tatuagem na Coreia do Sul

A verdade infeliz da Coreia do Sul é que os amantes de gato não podem levar seus amigos peludos aonde quer que eles vão. Quando eles saem de casa, seu felino favorito tem que ficar. Há uma maneira de aliviar essa separação, porém, é tatuando o corpo. O estúdio Sol Tattoo em Seul, Coreia do Sul, faz tatuagens permanentes na pele dos clientes dedicando aos retratos de gatos. Dessa forma, é uma pequena lembrança deles para sempre.

As delicadas tatuagens têm uma incrível quantidade de detalhes considerando o tamanho deles. Através de sombreamento sutil, pontos e linhas, o Sol Tattoo é capaz de criar retratos fantásticos e de aparência realista que prestam homenagem aos gatos dos seus donos. Alguns dos animais são vistos em sua melhor roupa.

O estúdio desenha mais do que apenas gatos, e seu popular Instagram apresenta uma variedade de tatuagens. Então, pode ser uma surpresa que esse tipo de arte corporal seja realmente ilegal na Coreia do Sul. “Inking”, como se chama, é definida como um procedimento médico por lei. Mas de acordo com The Wall Street Journal, existem milhares de estúdios nos subterrâneos de Seul. Mais de um milhão de pessoas na Coreia do Sul dizem ter tatuagens. As celebridades e as estrelas do esporte popularizaram a indústria e, portanto, o país está considerando legalizar o comércio.

Siga o estúdio no instagram CLICK AQUI

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Siga Jornale

  • Pinterest