Pare a maldita luta, disse Willis Meehan | Jornale

Pare a maldita luta, disse Willis Meehan

13/01/2018

"Para a maldita luta!", O lutador que teve pena do rival e reivindicou ação do árbitro

O boxeador Willis Meehan fez uma cena curiosa, em que ele acabou reivindicando uma ação do árbitro por não parar a luta no momento que ele estava dando uma sessão de golpes no rival Leamy Lakoop Tato. Isso ocorreu em 15 de outubro de 2015.

"Pare a maldita luta! (Pare a merda da luta!)", Meehan é ouvido gritando ao árbitro pelo atraso em intervir quando ele deu uma sequência de golpes sem reação de Tato que não respondia mais, encurralado em um canto. Imediatamente depois que Meehan foi abraçar o rival, enquanto ainda reivindicava a negligência do árbitro.

Veja o vídeo

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale