Mayweather lembra de seus momentos de pobreza | Notícias | Curitiba | Jornale

Mayweather lembra de seus momentos de pobreza

04/01/2018

Em um vídeo boxeador “MoneyWeather” revela que a vida nem sempre foi um sonho

O poder econômico que Floyd Mayweather permite que ele não só aproveite uma vida descontraída de luxo como uma vida fora do sofrimento da infância, ele também é capaz de proporcionar aos seus amigos a oportunidade de abrir negócios, viajar para lugares diferentes, experimentar coisas que talvez você nunca tenha imaginado.

Os filhos de Mayweather, por exemplo, recebem presentes caros em cada um de seus aniversários e, quando estiverem mais jovens adultos, certamente irão às universidades mais prestigiadas dos Estados Unidos. Tal fato é sempre destacado pelo ex-boxeador Grand Rapids quando fala sobre os milhões de dólares que ele conseguiu fazer em sua carreira.

Floyd estava em Los Angeles durante o fim de semana testemunhando com seus filhos a luta por um dos cintos deixados vagos quando se aposentou, o peso médio do WBC, que Danny Garcia ganhou por decisão unânime de Robert Guerrero. Após a luta, Mayweather teve uma reunião com alguns meios de comunicação, incluindo o ES News, e no diálogo eles lhe perguntaram o que sentiu ao saber que ele pode dar a seus filhos tudo o que eles precisam e diferente do que foi a infância do lutador.

"Estou feliz de que meus filhos não tinham que seguir o mesmo caminho que eu, minha vida realmente era uma montanha-russa, morava em Nova Jersey com minha mãe, e mais sete, em que nós morávamos em um único quarto em algum momento da vida. Eu estava indo para o mundo das drogas, meu pai tinha sido baleado pelo irmão da minha mãe, eu estava lá, meu pai estava me levando em seus braços quando ele foi baleado, ele foi preso. Mas ainda sou forte, continuo a apoiar a minha família e só quero que todos continuem a apoiar o meu trabalho".

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest