Tatuagem dói, e quem já fez sabe que tem coisas que são impossíveis | Jornale

Tatuagem dói, e quem já fez sabe que tem coisas que são impossíveis

25/12/2017

 

Artista passou 30 horas extenuantes tatuando uma intricada cabra satânica e esqueleto do Papa em seu próprio tronco - e filmou cada minuto.

Luc Allain-Rouselle, de Montreal, Canadá, levou o tempo de cinco sessões ao longo de três meses para terminar o desenho em seu próprio corpo.

Em um vídeo, o tatuador autodidata pode ser visto calmamente usando a máquina elétrica em sua pele para criar a arte corporal que se estende do peito até a virilha.

A obra de arte, que apresenta uma cabra demoníaca, puxando as cordas de um fantoche esqueleto do Papa, bem como freiras de máscaras de gás e um símbolo de “illuminati”, também foi criado por Allain-Rouselle.

Allain-Rouselle, que ficou "viciado" em tatuagens há dez anos, disse que ter a coragem de se tatuar era uma batalha, pois as pessoas não estão naturalmente inclinadas a se automutilar.

Ele disse: "Antes de iniciar o projeto, eu estava realmente estressado sobre o tamanho do mesmo. Comecei com um design básico depois com o tempo o desenho ficou incrível, uma verdadeira peça de arte.

Eu sempre gostei desse estilo de tatuagem, então eu construí no projeto e me adaptei completamente a mim mesmo. Eu definitivamente tive algumas hesitações - não estamos condicionados a automutilar. Mas uma vez que comecei, tudo correu bem.

"Eu fiz isso em cinco sessões e foi pelo menos 30 horas, absolutamente mínimo. Depois de cada sessão você tem que esperar a tatuagem que você fez cicatrizar, então demorou três meses no total. Eu queria levar meu tempo, com a arte, a dor e a minha própria resistência.

"Estou muito orgulhoso de mim mesmo por completar o projeto. Eu gosto da tatuagem e eu gostei da experiência em geral.”

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias Online de Curitiba

Siga Jornale