A tatuagem com um novo surrealismo japonês | Notícias | Curitiba | Jornale

A tatuagem com um novo surrealismo japonês

22/12/2017

Dentro da comunidade das tatuagens, a distinção entre tatuagem tradicional e contemporânea está desaparecendo gradualmente. Emanuele Sircana é um dos artistas que fundem a história da tatuagem com seu futuro. Mesmo com base em Milão no Manulibera Tattoo Studio, o tatuador está obcecado com a arte tradicional do Japão. Ele diz:

"Eu acho que as pessoas ocidentais são atraídas pela estética japonesa por causa de sua elegância e singularidade. A popularidade da arte da tatuagem de inspiração japonesa é uma consequência desse fascínio global".

Mas na mão com o domínio dos códigos de tatuagens de inspiração japonesa, Emanuele Sircana também espera trazê-los para o século XXI (e está executando com êxito). É por isso que ele criou o "surrealismo japonês".

Emanuele explica que depois de trabalhar sob as regras clássicas da arte da tatuagem japonesa durante anos, ele começou a sentir a necessidade de revolucioná-las. "Meu objetivo é desconstruir imagens tradicionais através da simplificação visual e um uso moderno da cor", diz ele.

"Eu também estou tentando dar mais espaço aos mundos dos sonhos e do inconsciente. Meu conceito de surrealismo japonês nasceu dessa pesquisa".

Figuras famosas da arte japonesa, como gueixas, samurais e outros animais mitológicos, são assim transformadas em tatuagens conceituais. Sircana é especialmente focada nos retratos sem rosto que fizeram seu compatriota Pietro Sedda tão famoso.

Emanuele também está usando muitos padrões tradicionais, dupla exposição e “morphing”. Sua referência principal ainda é o Ukiyo-e, ou seja, ilustrações em gravuras japonesas do século 17 a 19.

"Meu trabalho também se inspira em tudo o que me rodeia, dos meus tatuadores favoritos à música e às viagens. Estou mesmo inspirado pela contemplação das cerejeiras, no bairro onde moro! "

Se Emanuele pensa que um artista deve se concentrar melhor no futuro, ele também nos lembra que é importante olhar até que ponto a arte da tatuagem chegou e apreciar esse caminho: "Eu gostaria de dirigir o meu trabalho no caminho da inovação, com certeza. A inovação não pode existir sem a tradição ".

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest