Como os faraós influenciaram a arte contemporânea | Notícias | Curitiba | Jornale

Como os faraós influenciaram a arte contemporânea

18/12/2017

Pinturas dos principais artistas egípcios compartilharam espaços com hieróglifos e relíquias faraônicas no Museu Egípcio do Cairo neste ano em uma exposição que destacava as influências antigas da arte contemporânea.

 

Artistas, intelectuais e embaixadores de todo o mundo participaram da abertura do sábado à noite de "A Night with Art at the Egyptian Museum", organizado pela organização privada Art D'Egypte.

 

"Queríamos destacar o vínculo entre arte contemporânea e arte egípcia egípcia antiga", disse a AFP a fundadora da Art D'Egypte, Nadine Abdel Ghaffar.

 

As pinturas modernas incluíram retratos abstratos e outras obras de proeminentes artistas egípcios contemporâneos, como Adel El Siwi, Mohamed Abla, Ghada Amer, Farouk Hosny e Hoda Lotfi.

 

"Esta iniciativa mostra que a criatividade artística abrange milênios até hoje", disse Abla, que mostrou cinco pinturas na exposição, refletindo influências egípcias antigas.

 

"A arte contemporânea é uma extensão da arte pelos antepassados faraônicos", disse ele.

 

A exposição também inclui seminários interativos sobre arte egípcia antiga e suas influências sobre artistas contemporâneos.

 

Vários arqueólogos proeminentes e egiptólogos devem falar, incluindo o ex-ministro das antiguidades, Zahi Hawass.

 

O ministro das Antiguidades, Khaled al-Anani, disse que era importante preservar a herança egípcia "porque as antiguidades pertencem ao mundo inteiro".

 

O envelhecimento do museu egípcio, que está em fase de renovação, foi uma atração turística importante antes do levante de janeiro de 2011 derrubou o ditador Hosni Mubarak.

 

Durante o levante, que estava centrado na Praça Tahrir, ao lado do museu, saqueadores invadiram o prédio, roubando e danificando vários tesouros antigos.

 

A queda dos números turísticos levou o museu há alguns meses a abrir suas portas à noite com a esperança de atrair novos visitantes.

 

Entre suas exposições mais conhecidas estão uma máscara funerária de ouro e outros artefatos do túmulo da 18ª dinastia Pharoah Tutankhamun.

 

Seus pertences estão entre as exposições a serem transferidas para o Museu Grande Egípcio, uma nova instalação atualmente em construção perto das Pirâmides de Gizé.

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest