Vermeer era um artista moderno | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Vermeer era um artista moderno

10/12/2017

Na Holanda do tempo de Vermeer, a aristocracia ou a igreja que encomendavam e cobravam a arte. O surgimento de uma próspera classe mercante incentivou o desenvolvimento de um mercado de arte que atendesse aos seus gostos. Visitantes contemporâneos observaram que as pinturas pendiam em lojas, tabernas e outros locais comerciais, bem como em casas particulares, e eram negociadas como outras commodities.

O mercado foi competitivo e economicamente desafiador, com artistas concorrentes por costume. Isso significava que eles tinham que equilibrar novidade com familiaridade

Parece um modelo para uma economia de mercado contemporânea. O mercado foi competitivo e economicamente desafiador, com artistas concorrentes por costume. Isso significava que eles tinham que equilibrar a novidade com a familiaridade. Novidade para transformar as cabeças, familiaridade para não perder a audiência. Se a pintura da história ainda dominava a hierarquia do assunto, o gênero, a vida e a paisagem eram muitas vezes mais portáteis e acessíveis. Um pintor identificado com um gênero ou o outro tomou um risco comercial comutando, e poucos o fizeram.

O caráter materialista da cultura não só influenciou uma visão emergente das pinturas como mercadorias especulativas, mas também afetou seu valor. Por exemplo, o número de figuras ou objetos representados em um trabalho e o nível de detalhe influenciaram quanto valeram a pena.

Esse era o mundo em que Vermeer morava. Defina contra isso a idéia popular do artista que hoje domina. Nas representações pop-culturais, Van Gogh é o estereótipo perfeito do artista como atormentado, genial incompreendido, estranho e rebelde. É uma noção que ganhou moeda durante a era romantica, quando a subjetividade e a verdade emocional tiveram precedência sobre os valores racionais do Iluminismo. É uma visão do artista que floresceu na modernidade.

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest