Tatuando emoções humanas com artista sul-coreano | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Tatuando emoções humanas com artista sul-coreano

01/12/2017

A arte da tatuagem está bem na fronteira entre tradições e modernidade, arte e filosofia. Mais e mais artistas estão brincando com culturas antigas infundindo-as com estética moderna, e Kim Mi Hee é uma delas. O artista de tatuagem sul-coreano gosta de misturar antiguas marcas com cultura pop, humor escuro e questionamento social. Ela explica:

"Sempre fiquei fascinado com pinturas e esculturas que retratam emoções humanas. Então, agora estou atraindo emoções em corpos, fazendo conexões entre pessoas e coisas como arte e vice-versa".

Claro, Kim usa referências artísticas da Ásia, mas refuta a influência do país em que ela vive. Segundo ela, ela desenha o que quer sem se preocupar com o código da tatuagem coreano.

Kim diz que suas fontes de inspiração são ao mesmo tempo contemporâneas e ligeiramente antiquadas. Na verdade, ela é influenciada pela fotografia, canções e filmes, bem como por desenhos animados, mas Kim está especialmente interessado na estética dos anos 90, atraído por suas cores peculiares.

"Eu não acho que eu deveria simplesmente gravar as tatuagens que as pessoas querem. Eu me considero um artista e, como artista, acho que devo prestar atenção em vários campos".

Ao tentar expressar sentimentos e relacionamentos humanos, ela também parece obcecada com o corpo e a anatomia. Muitas das tatuagens de Kim são positivas para o corpo e discutem a identidade. O artista constrói pontes artísticas entre alma e carne graças a suas tatuagens pouco convencionais, que ela descreve como "os amuletos mais fortes do mundo". Ela afirma:

"Eu nunca expliquei o significado dos meus projetos para as pessoas. Você deve se interpretar, fazer sua própria escolha. Seja o que for que você escolher, não se envergonhe do que ganhou".

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest