Temer admite que não tem votos para aprovar reforma da Previdência | Notícias do Brasil e do Mundo Hoje | Curitiba | Jornale

Temer admite que não tem votos para aprovar reforma da Previdência

30/11/2017

 

Temer já admite que terá que deixar a votação da reforma da Previdência para a última semana de trabalho do Congresso em 2017. Na quarta-feira, o presidente tentou mobilizar parlamentares e empresários para conquistar os votos necessários para fazer a votação no dia 6. A tentativa agora é votar no dia 12.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já disse a Temer que líderes da base aliada ainda não conseguiram os votos suficientes. "Não vou colocar a Previdência para perder. Só se tiver votos, e ainda não tem, segundo os líderes. Fizemos uma reunião nesta semana e eles disseram que ainda não tem, precisa conversar mais, negociar com as bancadas", afirmou.

Maia é o principal articulador da reforma da Previdência na Câmara. No domingo (3), Temer vai se reunir com líderes da base aliada na Casa do deputado para negociar votos.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest