Polícia fecha loja de motos suspeita de lesar consumidores | Notícias | Curitiba | Jornale

Polícia fecha loja de motos suspeita de lesar consumidores

24/10/2017

 

Mais de 40 vítimas procuraram a Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon), após a operação “Cavalo de Aço” ser deflagrada na manhã desta terça-feira (24/10), no bairro Campina do Siqueira. Durante a operação a loja de motos foi fechada por ordem judicial e vários documentos, celulares e computadores apreendidos.

De acordo com as investigações a loja é suspeita de praticar crime contra as relações de consumo, ou seja, eles vendiam as motos de clientes e não repassam o valor final ao consumidor. As investigações apontam que o esquema lesou centenas de consumidores.

Segundo o delegado responsável pela operação, Wallace de Oliveira Brito, o golpe era aplicado pelo próprio dono da loja, com participação de funcionários. “Eles entravam em contato com pessoas que anunciavam a venda da moto em sites na internet para sugerir a venda na própria loja”, falou o delegado completando que “após a venda o dinheiro não era repassado a vítima.

Ainda de acordo com o delegado a loja agia desde 2013, somando um prejuízo aos clientes de quase R$ 2 milhões. Os crimes investigados na ação são contra as relações de consumo, estelionato, apropriação indébita e associação criminosa.

As motos que estavam na loja foram apreendidas pela polícia. Se alguém foi vítima da loja, deve procurar a delegacia que fica na rua Ermelino de Leão, n°513 – Alto São Francisco.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest