Nas sombras, um boxe sem luvas | Notícias | Curitiba | Jornale

Nas sombras, um boxe sem luvas

23/10/2017

Na contramão do profissionalismo esportivo, do glamour e de tanto dinheiro. Os ingleses estão em seus pubs clandestinos, nas garagens das vielas ou nos becos das periferias, desenvolvendo um ‘esporte’ ainda mais antigo que o boxe que conhecemos hoje. Na verdade, seu antecessor, muitos anos antes de precisar de roupas para derrotar seus oponentes. Ressurge o ‘Bare-knuckle Boxing’ ou numa tradução livre, ‘Boxe com as mãos nuas’.

No Reino Unido está entre o boxe (de luvas) e as brigas de rua. Homens de todas as idades, todas as profissões, todas as classes sociais se encontrando para lutar entre si, com regras determinadas um pouco antes do combate. Sem fins lucrativos e muita coisa a perder, com riscos acima da média de qualquer outro esporte de contato.

Quando falamos de lutas clandestinas é mpossível não lembrar do filme Fight Club (clube da luta), a obra-prima de Chuck Palahniuk. Mas a verdade é que tanta atenção crescente vem atraindo a atenção de pessoas que estão interessadas, mas inclusive em começar a transmitir os confrontos, levando a ilusão dos cinemas para a vida real, onde os ferimentos e danos são sem sombra de dúvidas penosos e até mesmo irreversíveis.

Uma verdade é que a modalidade não oferece quase nenhuma segurança aos lutadores, mas eles estão longe de buscar segurança, e isso é uma das suas características. Os praticantes estão cientes das possíveis lesões a curto e a longo prazo, mas decidiram se arriscar, por muitos motivos, mas principalmente o prazer.

Nesse ‘prazer’ muitos dos praticantes encontraram nessas lutas a saída para libertar o instinto violento que antes descontavam nas ruas, levando-os até mesmo a prisão ou assassinato. Outros abdicaram de suas condições sociais para viver um pouco da experiência de estar de igual para igual com simplesmente qualquer um que se disponha a descer nos porões e mostrar a agressividade puramente humana. Nas lutas não existe relações como o preconceito com a cor, credo, religião, nem sequer idade. Ou seja, é você o oponente e os punhos.

A VICE (que trabalha com documentários) preparou um mini documentário sobre essa modalidade que vem crescendo com o passar do tempo. Entrevistando todas as partes de um duelo que colocou frente a frente o campeão do Reino Unido e o campeão dos Estados Unidos numa briga por cinturão. Algo que, segundo eles, não acontecia desde 1863.

 

Veja o documentário -

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaques JORNALE
Please reload

Site de Notícias de Curitiba - Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

              redacao@jornale.com.br

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Siga Jornale

  • Pinterest