Voluntários da vacina chinesa de Curitiba não apresentaram reação

12/11/2020


A suspensão dos testes na segunda-feira não afetou os testes no Paraná



Um dos 12 centros brasileiros onde a vacina chinesa CoronaVac é testada na fase 3 em voluntários, o Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) afirmou, na última terça (10) que nenhum dos 1.400 voluntários participantes do estudo em Curitiba apresentou reação adversa grave. A vacinação foi encerrada no último dia 30 de outubro e agora segue o acompanhamento dos pacientes por seis meses.


Os testes com a vacina do laboratório chinês foram suspensos na segunda (9) depois da morte de um dos voluntários e retomados na terça (11) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), após a constatação de que a morte era suicídio. Como a vacinação já tinha sido encerrada em Curitiba, a suspensão, ainda que rápida, não afetou em nada o estudo no HC.


Em todo o País, 9 mil voluntários, todos da área da saúde, participam da pesquisa. Metade dos voluntários recebeu a vacina e e outra metade, placebo. Foram duas doses, sendo a segunda 14 dias após a primeira. Durante os seis meses, serão chamados para consultas e a cada dois meses farão testes para verificar se criaram anticorpos.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

23 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale